segunda-feira, 31 de maio de 2010

Português - de Portugal ! - para crianças !

Que brasileiros e portugueses, muitas vezes, parecem não falar a mesma língua, isso não é nenhuma novidade... Há pouco mais de três anos morando em terras lusitanas,já deu para dar boas risadas... e outras vezes, ficar com cara de boba, sem entender o que a pessoa estava falando. Certo é que também aprendi um bocado de novas palavras e expressões. Tem gente até que diz que ganhei um pouco de acento(=sotaque) português... rsrsrsrs... E o meu vocabulário aumentou mais ainda depois que fiquei grávida e o Diego nasceu. Por aqui, existem várias palavras e expressões, relacionadas ao universo infantil, que ficariam um bocado engraçadas se usadas no Brasil.
Para começar, aqui "bebê" escreve-se de forma diferente: bébé. E evidente, com o acento agudo, a pronúncia também muda... fica mais aberta. Papai e Mamãe ganham versões carinhosas: Papá e Mamá.  Para chamar as crianças, termos que soam divertidos para nós brasileiros... Imagine chamar seu filho de "puto" ou "miúdo" ??? E por aqui crianças ou adolescentes também ganham o nome de "canalha". Lá na minha terrinha de José de Alencar, canalha é uma coisa bem diferente...rsrsrsrsrs... E se eu lhe disser que meu pimpolho não gosta da xuxa ? Não tem nada a ver com a nossa eterna rainha dos baixinhos. Olha só quem é a xuxa em Portugal:

É a nossa velha e boa chupeta... que também pode ser chamada de "bico". Pois é...
Aqui as mães que trabalham fora têm que deixar os filhos no infantário (=creche) ou com uma ama (=babá).
E mais: engantinhar=a andar de gatas; se o Diego espirrar, devo dizer "santinho!", no lugar de "saúde!". Na hora de comer tenho que por-lhe o "babete", no lugar de "babador"; o potinho de fruta vira "boião"; e o mingau aqui é papa. Para beber, posso usar o biberón... mas nem sempre... é que meu filhote não gosta muito dele (biberón=mamadeira).


Quando brincamos de esconde-esconde, ou melhor, quando "brincamos às escondindas", ao invés de dizer "achou!", digo: "cou-cou !". E não estranhe se, um dia, vier a Portugal e um "puto" pedir-lhe um "chupa"...

Isso mesmo !! O pobre do menino nada mais quer que um pirulito... E para agradecer, ele vai querer lhe recompensar com um "xi-coração" !!! Hein ???

Nada mais é que um abraço... Depois leve-o a passear no popó(=carro). Mas cuidado com o ba-bau ! Quando era criança, todo mundo dizia que um ba-bau era um bicho muito feio... um monstro que ia me pegar... Aqui, pode ser uma coisinha linda como essa !

Os pais portugueses dizem aos filhos que os cães são ba-baus !

E depois do passeio, talvez seja hora do miúdo fazer ó-ó. Essa ficou mais difícil de advinhar ??? Uma ajudinha... 

"Fazer ó-ó" é o mesmo que colocar o puto para dormir... Ihhhh... existem outros termos e expressões que não lembro agora... Imaginem só que, em Portugal, até o Dia da Criança é comemorado numa data diferente da nossa. Enquanto no Brasil é no dia 12 de outubro, aqui é amanhã, 1 de junho (vai ter festa !!!)... E deixa eu correr que ainda tenho que comprar ao Diego uma prendinha... ou melhor... um presentinho !

4 comentários:

eveline disse...

KKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!! Muito bom! Quase rolei de rir! Bjs!

sabrina disse...

Muito interessante a cultura dos países. Vou ter q ler essa postagem do blog mais vezes para decorar e não fazer feio com o Dieguinho rsrrsrs
Muito legal!
Bjo

Maria Estella disse...

Olà, achei muita graça! Mas como é que chamam em Portugal a fraldinha que algumas crianças carregam pra baixo e pra cima, em todo lugar que vão e até dormem com ela agarradinhas?
Bjos Estella

Cida Kuntze - compartilhandobencao.blogspot.com disse...

Hahahaha...que engraçado Débora!
Adorei saber de tantas palavras com sentidos diferentes.
Mas essa do canalha, vou te contar...rsrsrs.
Beijinhos.