terça-feira, 13 de Novembro de 2012

O Di e a Mana... A Mana e o Di

Antes de engravidar e durante toda a gravidez, entre todas as minhas preocupações havia uma que sobressaltava: como o Di (primeiro filho e neto) que sempre teve todo o carinho e atenção concentrados nele iria reagir a chegada de outra criança em casa.
Muita gente me advertia que ele iria sentir bastante, especialmente, pelo fato de ter passado os 3 primeiros anos da vida dele quase que exclusivamente comigo.
Diziam que ele ia ter ciúmes, que ia regredir, voltar a ser bebê... bem, diziam muita coisa...
E sabem o que aconteceu ?
Nenhuma daquelas suspeitas-preocupações se confirmou.
Para minha surpresa-alegria-alívio, o Di reagiu super bem à chegada da irmã.
Não sentiu ciúmes, não regrediu no desenvolvimento, não quis mamar ao ver a irmã a fazê-lo, enfim, foi tudo totalmente o oposto do que eu esperava.

O Di simplesmente adora a irmã.
Está sempre de roda dela, dá beijinhos, pega, faz carinho, quer participar em tudo que diga respeito a ela.
Quer ajudar a dar banho, limpar, passar pomada.
Adora quando ela olha pra ele e sorri, dá-lhe sempre um carrinho para a mão para que ela brinque com ele e ai de quem diga que vai levar a mana dele !!!
Ele bate logo o pé e diz: "a mana é minha".
È muito engraçado e bonito ver o carinho que ele tem pela irmã, a "Biatiz" (como ele diz).
E ela, por sua vez, parece que sente todo esse amor e sabe que aquele rapazinho elétrico que anda sempre de roda dela é o irmão.
Ela sempre o segue com o olhar, sorri para ele e quando ele chega o rosto perto do dela, ela estica as mãozinhas como se quisesse fazer um carinho no irmão.
Tão bonitinho...
Pelo menos, até agora, tudo tem corrido as mil-maravilhas.
Vamos lá ver quando a Beatriz começar a andar, dividir o espaço com ele, pegar nas coisas dele.
Talvez aí comecem os atritos... ou talvez não.
Até lá, vou curtindo esse momento de paz-carinho entre os irmãos.
Meus dois filhos queridos, meus amores !

Um dia feliz e fraterno pra todos nós !

terça-feira, 6 de Novembro de 2012

Um mês de Beatriz

Esse post está um bocado atrasado, afinal, minha princesa completou um mês de vida dia 1, mas reflete bem o meu atual estado.
Ando atrasada em tudo.
Ainda não consegui entrar nos eixos e ter tudo como gostaria.
Mas não tenho me estressado muito.
Faço consoante posso e o que for menos urgente pode esperar...

Pois é...
Já faz um mês que a casa está mais perfumada com o cheirinho da nossa bebê.
Beatriz é uma menininha linda, calminha e dá pouco trabalho.
Óbvio que preenche os meus dias com o come-dorme-arrota-muda fralda.
Mas isso já era o esperado, né ?
Acho que ela não é muito chorona.
Nâo chora no banho, nem na troca de fraldas (coisa que o Di fazia sempre).
Dorme bem, mas acho que ultimamente tem sofrido um pouquinho com as cólicas.
De resto, é um amor de se cuidar.
Já está espertinha; nos segue com o olhar, sorri... muito engraçadinha.
Também está mal ou bem acostumada.
Só está bem no colinho.
Na maioria das vezes, o berço parece ter espinhos.
Basta colocá-la lá para ela abrir o berreiro.
Ao sentir-se no colinho, o choro passa imediatamente.
Impressionante !
Estamos todos contentes e cada dia mais apaixonados por nossa pequena.


Sou louca pelo meu filho, mas confesso que uma menina tem o seu glamour.
É como voltar a brincar de boneca.
Combinar a roupinha, com o sapatinho, com o lacinho.
Estou adorando !
Embora cansada, por vezes, exausta, esse primeiro mês foi muito bom.
Ter uma menininha linda, saudável só veio a completar ainda mais a felicidade da nossa família.

Um grande abraço a todos e um excelente dia !

quarta-feira, 31 de Outubro de 2012

A Primeira Festa na Escolinha: Halloween !

Olá Pessoal !
Sei que ando um bocado em falta com esse cantinho.
Mas ainda estou tentando colocar a rotina nos eixos aqui em casa.
Não é que tenha sido assim tão difícil, mas o dia bem que poderia ter umas horinhas a mais e eu, umas 4 mãos a mais para fazer as coisas e dar conta de 2 filhos.
Mas devagar, devagarinho tudo vai se ajeitando.
Logo, logo, venho cá contar como tem sido esse primeiro mês da minha princesa.
Hoje passo rapidinho para registrar a primeira festinha do Di na escola.
E foi justamente o Halloween.
Comprei-lhe uma fantasia de vampiro; pintei-lhe a caráter, enchi 2 balões com gás hélio: um representando a abóbora, outro, um fantasma ... e lá foi ele todo contente para a escola.


Ao chegarmos lá, adorei ver todos os outros também vestidos a caráter.
Muito legal !
 Corriam de um lado para o outro imitando monstros... muito engraçado.
A professora e auxiliares hoje vão ter mais trabalho para controlar a euforia dos pequenos.
A festinha ia ser em outra escola.
Um ônibus ia levá-los até lá para interagir com outros "monstrinhos".
O dia hoje promete !
Vamos ver as novidades que o Di vai trazer para casa logo mais...

Para quem está em ritmo de comemoração, ou melhor, de assombração, um ótimo dia e Feliz Halloween !

segunda-feira, 8 de Outubro de 2012

E nasceu Beatriz !

E pensar que, há uma semana, por essas horas, estava em pleno trabalho de parto...
Hoje já tenho uma princesinha dormindo, sossegadinha ali no berço...

Pois é, gente !
Beatriz nasceu, no dia 1 de outubro, às 13:48, pesando 3.290 kg e medindo 48 cms.
Foi um parto tranquilo que começou a dar os seus primeiros sinais às 3:30 da manhã da segunda-feira passada.
Acordei com uma leve cólica.
Depois comecei a perceber que aquela dorzinha ia e voltava...
Suspeitei logo que estava chegando a hora.
Às 7 da manhã, as contrações ficaram  mais fortes e fomos ao hospital.
Uma rápida avaliação e fui direto para a preparação para o parto.
Levei a "santa epidural" e acabou-se o sofrimento.
Foi só esperar fazer a dilatação completa, dar 2 ou 3 puxos e assim nasceu Beatriz.
Tudo assim simples, sem grande sofrimento.
Minha princesa chegou ao mundo para nos encantar a todos !


Minha mãe chegou bem no dia que Beatriz nasceu.
Está nos dando uma mãozona !
Por enquanto, a vida por aqui está entrando nos eixos.
Estamos tendo que nos acostumar com a nova rotina da casa.
Mas, aos poucos, tudo vai se encaixando.
Se eu demorar para voltar a dar notícias, não desisti do blog...
Apenas estou um bocadinho mais ocupada agora com 2 filhos para criar...rsrsrs, mas imensamente feliz !
Assim que eles forem dando uma folquinha, apareço para contar como andam as coisas...

Um abraço a todos e inté !

quarta-feira, 26 de Setembro de 2012

Tá chegando a hora....

Pois é, pessoal !
Se eu sumir nos próximos dias, talvez o motivo seja a chegada de Beatriz.
Ontem, fui à médica e ela disse que já estou com 2 bons cms de dilatação e que minha princesa pode nascer a qualquer momento.
Pela estimativa, já pesa 3,100kg e vai ter pernas comprimidas.
O papá coruja foi logo disparando um: "será que vai ser modelo ?" rsrsrsrsrsrs...
Verdade é que estamos agora só esperando chegar a horinha de ir para o hospital.
Tenho consulta marcada para a próxima terça, mas a médica falou que acha que ela deve nascer antes.
O fato é que já estou tendo muitas daquelas "falsas contrações" (leia-se "barriga dura) e frequentes dores no fundo da barriga.
Tudo isso são indicativos de que está quase, né ?
Minha mãe, que chega aqui na próxima segunda-feira, está rezando para que a Beatriz espere por ela.
Mas vamos lá ver se a neta atende o pedido da avó.
Quanto a mim, estou procurando aproveitar essa reta final da gravidez ao máximo, sem nervosismos, nem criar expectativas.
Procuro não pensar no parto, se será assim ou assado, só não queria uma cesareana.
Se correr tudo bem como foi o do Di já fico satisfeita.
E quanto ao meu pequeno, posso dizer que conquistamos um grande progresso.
Ele parece mesmo estar adaptado à escolinha.
Estamos na segunda semana e ele já não chora mais ao me ver indo embora.
Já dá até um "tchauzinho" quando digo que mamãe vem já.
Ele adora ir para a escolinha, já ganhou elogios da professora e tudo.
Pense como eu e papá ficamos todos babados...
O único "senão" está a ser acordá-lo pela manhã, pois continua a ir dormir tarde.
Ah, e o relacionamento com os colegas também precisa melhorar.
A professora diz que ele está sempre implicando com os outros, bate, morde...
Mas acha que isso faz parte do período de adaptação da convivência dele com as outras crianças.
Aos poucos, ele vai aprendendo a dividir mais as coisas e não tentar ganhar tudo na força.
Assim espero !

E é isso, gente !
Se eu sumir, aguardem, que logo, logo voltarei com novidades...
Mas quem sabe a Beatriz ainda não quer ficar ainda mais um tempinho acomodadinha na minha barriga.
Vamos lá ver !

Um grande abraço a todos e até já... ou até breve !

sexta-feira, 21 de Setembro de 2012

A primeira semana da escolinha

Gente, esses dias sumi mesmo !
Mudanças sempre mexem um pouco com a nossa rotina.
E o que mudou por aqui foi a entrada de vez do Di na escola.
E hoje vim aqui para fazer um balanço dessa primeira semana.

Segunda-feira: A novidade

Mal passou o portão da escola, meu filhote largou logo a minha mão e foi correndo para dentro do prédio da escola.
Ficou encantado com todos os brinquedos e coisinhas que tinha por lá.
Deixei-o, disse que ia embora e ele tão encantado com a novidade, com os meninos, nem se importou que eu fosse embora.
Fui buscá-lo ao meio-dia pra vir almoçar em casa.
Vinha todo eufórico.
Voltei a levá-lo às 14h e fui buscá-lo às 15h30.
Primeiro dia, impecável.
Não chorou, adorou tudo !
A professora só reclamou do comportamento dele, pois andou a bater e empurrar outros meninos quando queria algo e os coleguinhas não o davam.

Terça-feira a Quinta-feira: Chororô
Bem, para quem imaginava que tudo ia ser flores na adaptação à escola, enganou-se.
Todo aquele desprendimento foi só no primeio dia.
Nos seguintes, deixei-o lá sempre a chorar.
Mesmo explicando que estaria lá fora esperando por ele, que não ia abandoná-lo, que logo vinha buscá-lo, nada adiantava.
Era só se separar da mamã e choro na certa !
Deixava-o lá, a professora fechava a porta, ouvia-o a chorar, mas seguia firme e forte, pois sabia que era um mal necessário.
Do contrário, ele nunca iria se adaptar.

Sexta-feira : Será que já está ?
Fui deixá-lo de manhã, sai e ele não chorou.
Quando fui buscá-lo na hora do almoço, a professora disse que ele se portou muito bem e não chorou nada.
Foi quem pintou melhor o pintinho amarelinho e já interagiu melhor com os colegas.
Quando fui levá-lo à tarde, também deixei-o lá, ele me viu sair e não chorou ?
Será que já se adaptou ?
Será que já entendeu que deixá-lo na escolinha não é sinônimo de abandono ?
Será que já entendeu que a mamã vai sempre buscá-lo naquelas horinhas certas ?
Bem, quero crer que sim.
Mas hoje é sexta, vem aí a quebra de dois dias sem ir para a escola...
Vamos ver como será na segunda-feira....

Bem, algumas de vocês devem estar se perguntando: e a sua adaptação à escola, como foi ?
Afinal, também foi um marco de separação para mim também.
Não vou mentir para vocês.
Eu chorei. Chorei, sim !
Mas só no primeiro dia.
Apesar de ele não ter chorado, saí da escola chorando por ter voltado para casa sem o meu menino.
Por ter chegado em casa e sentido um vazio...
Por ter sentido a falta da bagunça dele, da companhia.
Mas me conformei e tentei aceitar o momento.
Nos dias seguintes, apesar de deixá-lo chorando na escola, eu não chorei, não sofri.
Sabia que se não fosse daquele jeito, ele não iria se acostumar nunca.

E assim foi a nossa primeira semana na escola.
Claro que não poderia faltar um registro, né ?


Essa foto foi tirada na segunda-feira, dia 17, o primeiro dia de escola.
Meu Di todo lindo, de bata e mochila do homem aranha que ele adorou !

É isso, pessoal !
Vou ficando por aqui desejando a todos um excelente fim de semana !

sexta-feira, 14 de Setembro de 2012

Enfim, a escolinha !

Bem, não começou pra valer.
Hoje foi o dia de apresentação na escola, reunião com a professora, conhecer o espaço, alguns coleguinhas...
Mas já deu pra sentir um gostinho...
O dia começou mais cedo para o meu gatinho.
Acostumado a acordar por volta das 9:30, 10h, 10:30h, dependendo do dia anterior, o Diego teve hoje que levantar às 8h.
Foi mais fácil que eu pensava.
Comeu um iogurte, vestiu a roupa e lá fomos nós.
Ainda preparei uma mochilinha com um lanche, caso fosse necessário.
E consegui fazer alguns registros, a fugir.
Olha só o meu filhote todo equipado !



Quando chegamos à escolinha, mal viu o portão aberto, soltou a minha mão e foi a correr para a entrada do prédio.
Entrou sozinho e foi para um cantinho onde tinha sofás e uns livros.
Outras mães e crianças foram chegando e ele lá todo encantando, descobrindo cada novo cantinho daquele espaço que vai partilhar pelos próximos anos.
Começou a reunião e os meninos foram brincar na casinha dos brinquedos.
Pensam que o Di teve algum problema de adaptação inicial ?
Que nada !!!!
Misturou-se lá com os outros meninos, interagiu, brincou, nem se lembrou que tinha mãe.
Até achou-se o "dono do pedaço".
Só ouvia a voz dele a falar com os outros. 
Enquanto isso, eu estava na reunião com a professora e ouvia tudo atentamente.

Ao todo, passamos lá 2 horas.
O Di portou-se muito bem.
Em nenhum momento, mostrou nervosismo, timidez ou apreeensão.
Muito pelo contrário.
Parecia íntimo do lugar.
Bem, para um primeiro teste, ele passou com nota 10.
Mas quero só ver como vai ser na segunda-feira quando for pra valer.
É que o ano letivo vai começar de verdade.
A mamã não vai poder estar ali ao lado, o Di vai ter que entrar nas regras da escola, enfim... coisa séria !
Pode deixar que venho aqui contar como foi...

Um grande abraço a todos e um ótimo fim de semana !