sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Gênio indomável ou coisas dos "terrible two " ?

Há dias, venho me fazendo essa pergunta...
O Dieguinho anda numa fase de tirar a paciência de qualquer um.
É uma birra seguida a outra, uma teimosia sem igual, bate, grita, morde...
Aguenta, Débora !


NÃO PODE SER CONTRARIADO

Ai... se tinha uma coisa que eu mais abominava em crianças antes de ser mãe, era quando via uma se jogando no chão quando os pais não davam o que ela queria.
Vi inúmeras vezes essa cena no shopping, no supermercado...
Eis que fui "premiada" com um filho com esse péssimo hábito !
Ai que me dá uma raiva !!!
Mesmo sendo meu filho, isso é uma coisa que não tolero e não aceito.
Se estamos fora de casa e ele se joga no chão e chora por não ter o que quer, simplesmente dou costas e finjo que vou embora.
Olha que ele se levanta rapidinho e o choro não demora mais muito tempo.
Depois converso e tento explicar o que se passou, mas a esse tipo de birra não cedo de jeito nenhum !


TEIMOSIA SEM IGUAL


Meu Deus, os filhos de vocês também são teimosos ou só o meu veio com essse extra de série ? kkkk
Pense no que é dizer mil vezes para não fazer uma coisa e ele fazer exatamente o contrário ?
É de perder a paciência !
Acho que ele adora mesmo é testar a nossa autoridade.
Essa semana, fomos a um restaurante.
O Di estava sentado à mesa e começou a jogar uns carrinhos no chão.
A cada vez que o papá dizia pra não fazer aquilo, mais ele fazia.
Impressionante !
Isso só para dar um exemplo !
A cada ataque de teimosia dele, difícil manter a calma e a paciência e ter em mente que tudo se resolve com diálogo...


ODEIA SER MANDADO
 
Se há uma coisa que o meu filho não gosta é receber ordens.
(E agora, o que é que eu faço ?)
Ele tem a péssima mania de espalhar tudo pelo meio da casa.
Se está de bom humor, digo para ele arrumar e lá vai ele.
Mas se não está num bom dia, ui !
Pode ameaçar uma palmadinha, ficar de castigo o que for.
Ele empanca e não faz, não tem jeito !
Ontem foi assim...
Mandei-o juntar as peças do puzzle e coitada de mim... estava falando para as paredes !
Ele ouvia, entendia e nem ligava.
Falei uma, duas, três vezes e nada !
A paciência se esgotou e disse: não junta por bem, junta por mal.
Peguei a mãozinha dele e o fiz juntar uma por uma.
Não bati, não briguei.
Mas o fato de o estar obrigando a fazer algo foi suficiente para ele abrir o berreiro.
Gritava ! Até parecia que estava levando uma surra.
Mas não pode ser !
Se começar a ceder a esses caprichos, estou ferrada.
Se ele crescer sem limites, achando que só faz o que quer, será mal para mim e para ele.
Alguém aí me condena ? Tem uma solução melhor ?


Depois desse post, vocês devem estar achando que o Di é um pestinha ! 
Fica difícil acreditar se eu disser que ele é um menino meigo e carinhoso...
Mas é... e aqui não é só meu lado de mãe-defensora-da-cria que está falando.
Por trás desse gênio indomável e dessas birras, há uma criança doce, amorosa e com cara de anjinho !
O Di é, sim, um amor de menino, mas quando vira do avesso, difícil segurá-lo !
Ainda estou para descobrir se isso faz parte mesmo da personalidade dele ou se é a fase que todos chamam de "terrible two".
Espero bem que seja a segunda opção...kkkkk
Enquanto vou lendo mais sobre o assunto, tem alguém aí que já passou por isso e queira comentar ?

Um maravilhoso final de semana a todos, sem birras, de preferência !

10 comentários:

Lu do Deninho disse...

Debora tenho pra mim que ele esta na fase de testar os limites, saber até onde ele pode ir e o que pode fazer, e mais, o que consegue com os choros....vc tem que continuar a ser firme, para ele entender que com essas birras e teimosia não vai conquistar nada !

Pelo menos eu acho que é isso....rsss

bjusss meu e da Julia !

Sandra disse...

Todas as crianças têm birras, mas tens de ser firme senão ele não aprende e faz tudo o que quer.
Não te preocupes vais ver que é só uma fase passageira.
Bjs.

Marcela lusia disse...

Essa fase é bem complicada ,se vc cede perderá a autoridade se não cede é a mãe chata. porém tem que se impor e nesses momentos mostrar o que é certo e o que é errado!
é difícil,mais nada na vida de mãe é fácil!
beijokas

Lúcia Soares disse...

olá Debora, criança é benção,
tenha uma bela noite, bjs

Danielly Portela disse...

kkkkkkkkk Lendo tudo isso q acabei de ler, fico até mais tranquila! kkkkkkk O Gui faz as mesmas coisas. Me diz cada uma! Acredito q seja fase. Mas a gte não pode vacilar senão vira costume!

Bjsssssss

Mummy Brown disse...

Oi Debora, deve ser o terrible two sim. Mas concordo com voce disciplina e limite nunca fez mal a ninguem. Eu acho que vc esta certa sim. Bjinhos

Cida Kuntze disse...

Oi Débby!
Querida amiga, seja firme mesmo, não ceda. Nem que você tenha que repetir a mesma coisa um milhão de vezes. Eles testam, mas se a gente continua firme, depois passa.
É fogo essa fase, minha filha também um doce de menina, tinha um temperamento forte e nessa fase queria fazer e acontecer...rsrsrs. Cortei as asinhas, foi difícl? MUITO, mas não desisti, pois minhas amigas também tinham passado por isso.
Todos passam, uns mais, outros menos, dependendo também do temperamento da criança e da mãe, mas a gente sobrevive...rsrs.
Débby, a criança precisa e pede por limites e quanto mais firme você for, mais amada serás.
Eu era a "chata" aqui em casa, mas a minha filha é um grude comigo.
Beijinhos e fica bem!

Mi Satake disse...

Querida parabens pelo blog!

Ser mãe é sempre uma descoberta e muito aprendizado, né?

Falo sempre de meus pequenos no meu blog. SEr mãe é um encanto!

Bjs e bom domingo!
Mi Satake

Rapha, mãe da Alice disse...

Ai, já estou me preparando pra quando chegar minha hora!

Não quero nem ver!!

Beijos,

Rapha, mãe da Alice

Maternar Consciente

Filhote de Humano

Chris Ferreira disse...

Oi Débora,
essa fase é braba! Tem que ter muita criatividade e jogo de cintura!
...e não ligar para os olhares recriminadores! rs....
Boa semana para nós...sem birras!rs....
Beijos
Chris