quarta-feira, 27 de julho de 2011

Onde fica a creche mais próxima ?

Tenho andado numa correria danada desde a semana que antecedeu o aniversário do Di.
Primeiro, foram os preparativos para a festinha dele.
Depois veio o convite para preparar uma outra festinha, o que me deixou imensamente feliz !
Mais ocupada, não tive todo o tempo disponível para dedicar ao meu filho.
Enquanto fazia uma coisa e outra, ele ficava brincando ou procurando algo para "manter-se ocupado".
Quem é mãe sabe o que isso significa: é casa de pernas para o ar, na certa !
Como se não bastasse desarrumar todos os brinquedos e espalhar carrinhos por cada canto da casa, outros objetos também viraram vítimas das ações do meu pequeno... 


Essa é uma pequena mostra de como ficava o nosso quarto num dia em que não podia lhe dar toda a atenção.
Sapatos, roupas, brinquedos... tudo espalhado pelo chão.
Parecia até que um furacão tinha passado por ali.
Um dia, o papá chegou em casa e eu ainda não tinha arrumado aquela bagunça toda.
Começou a reclamar, dizendo que eu deixava o menino fazer tudo.
Sabe qual foi a minha resposta: "prefiro que ele desarrume tudo e esteja ali do meu lado para eu ver o que ele está fazendo do que deixá-lo ir para outro cômodo e não ver se ele está subindo em cima das mesas, cadeiras ou numa outra situação perigosa.
Estou errada ?


Sei que deixar fazer tudo o que ele quer não é certo.
É preciso impor regras e limites, mas naqueles dias eu não tinha outra opção.
Ou me concentrava no que tinha que fazer e deixava o Di ocupado com suas traquinices ou passava o tempo todo brigando, ensinando e demorava o dobro do tempo para concluir meus trabalhos.
Fácil, não era !
Olhar para todo aquele vendaval depois e saber que tudo tinha que voltar para o seu lugar dava um certo desespero...
Mas eu não encontrei melhor opção...
Dentro de mim, só pensava: "Meu Deus, onde é a creche mais próxima ? O Di vai já para lá !"


Mas aguentei o tranco e tentei remediar a minha "permissão excessiva" da seguinte forma...
Quando ia arrumar a bagunça toda, sempre obrigava o Di a me ajudar.
Na maioria das vezes, ele não queria, óbvio !
Mas ele não tinha escolha: tinha que ajudar e ponto.
Ficava imaginando os pais com 2, 3, 4 filhos...
Pensava: "Meu Deus, só um já faz esse estrago todo, imagina com companhia?"

E vocês ? 
Como conseguem administrar essas situações ???

Para as interessadas em festinhas, hoje e amanhã, tem novidades lá no

Beijinhos e uma quarta-feira maravilhosa a todos !


8 comentários:

Educação em Foco disse...

Menina, normal, não se estresse!
Aqui, já reservei um espaço só pras nossas brincadeiras com JM... estressar JAMAIS!
Mas tu tá certa, os dois tem que ajudar na organização.
Beijos,
Aqui, divulga seu trabalho lá no nosso grupo no Facebook!
http://www.facebook.com/groups/115748118512722?ap=1
Genis

Lu,mamãe do Deko e da Leka disse...

Aqui em casa tbm acontece essas coisas,ainda mais agora nas ferias que nao tem muito o que ele fazer e tenho que revezar entre os dois,eu deixo,mas depois faço ele me ajudar a organizar tudo..Nao se preocupe vc esta certa,deixa ele brincar,pois assim alem de vc esta cuidando ele e fazendo suas coisas ele esta aprendendo coisas novas..beijinhos

Testes da mamãe disse...

oi, adorei seu blog, comecei lhe seguir, vou sempre lhe visitar, criei um pouco tempo, se puder da´umv olhada nele.
http://testesdamame.blogspot.com/
abçs

Tatiana disse...

Débora querida!!!
Antes que tudo....parabeeeens ao Dieguinho!!!! Desculpe nao vir aqui antes minha querida!!!
Concordo com você, melhor bagunça com ele por perto do que em outro cômodo,de qualquer maneira onde ele estiver a baguncinha estará juntinha..rs.
Nessa idade nao tem jeito amiga, eles estao se descobrindo e sao muito curiosos, você tem sorte que ele se entretem com as coisinhas, o meu era fogo..rs.
Eu também fazia eles me ajudarem depois, nem que fosse um pouquinho.
Acho que enquanto educamos, aprendemos,a experiência nos amadurece!!!
Beijocas!

SuperPai disse...

Até que, se você olhar bem, o garoto tem estilo e há uma boa "ordem" na sua bagunça, ré, ré! Agora falando sério: deixar que as crianças se expandam um pouco mais, especialmente quando não podemos dar conta em determinado momento, é a coisa mais natural e necessária do mundo! Explique isso para o "papá" reclamão aí, rs! Abração e apareça!

Fabi a loba!!! disse...

Debora, desculpe pela ausência, mas com a Daphyne em casa fica difícil parar e blogar...rs
Parabéns ao filhote lindo...

Como minha filha é um pouco maior, deixo ela bagunçar, ou melhor , brincar em seu quarto e depois a ajudo arrumar. Afinal são crianças cheias de energia, não dá para deixá-las sentadas sem fazer nada enquanto estamos ocupadas... você está certa, deixe ele brincar por perto para estar sempre de olho e essa bagunça faz parte do desenvolvimento e crescimento de toda criança...

Beijinhos

Lúcia Soares disse...

olá Débora a paz de cristo, lindo seu blog, bjs

Cida Kuntze disse...

Amiga, é assim mesmo, tem dias que a casa fica de pernas pro ar. Mas faz parte, eles crescem rápido e depois a gente vai sentir falta das baguncinhas...rsrsrs. Mas eu também faço a minha ajudar a arrumar tudo, assim ela pensa melhor antes de exagerar na bagunça...kkk.
Beijos.