segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Um é pouco (?)... Dois é bom... Três é demais !!!

Como é que vocês conseguem ?
Quando estiver com minha mãe, vou perguntar como ela conseguia administrar três filhos...
Se bem que entre meu irmão e eu há uma diferença de 5 anos !
Mas quem têm gêmeos ou filhos com idade muita próxima deve se ver grego para controlar a criançada (minha amiga Tuka que o diga...)


No sábado à noite, fomos jantar fora com os padrinhos do Di.
Eles têm 2 filhos: uma menina que vai completar 4 anos e o meu afilhado que é da idade do Di.
Foi a maior coincidência.... Eu e minha comadre engravidamos na mesma época.
Nossos filhos têm apenas uma semana de diferença !
Bem, lá estávamos nós achando que íamos ter uma noite de lazer... para colocar o papo em dia...
Quando saímos só nós e o Dieguinho, quase não conseguimos mantê-lo sentado durante uma hora no restaurante.
Agora, fazer o mesmo com outras 2 crianças na mesa é missão praticamente impossível.
É que um vai "puxando" o outro e não há um minuto de sossego !
Meu filhote adora brincar com a menina.
Parecem ímãs: um está sempre a correr atrás do outro.
Quando estamos em nossas casas, tudo bem.
Mas no restaurante... não dá, né ? 
Depois, um queria sair da cadeira, o outro chorava... ui !
Resultado: mal comemos o prato principal e viemos acabar o jantar aqui em casa...rsrsrsrs...
Aí eles puderam se esbaldar a valer...
Meu Deus, não é nada fácil controlar 3 crianças juntas !
A vocês, papás e mamãs que têm essa missão todo o dia, meus parabéns !
Imagino que há horas que dá para se beirar a loucura, mas também penso o quanto deve ser imensamente gostoso ter três abraços ao mesmo tempo ! rsrsrsrsrsrs...

Quanto a dois filhos...
Semana passada, encontramos um amigo no supermercado.
Quer dizer, primeiro encontramos os filhos dele.
Dois meninos hiper ativos que andavam correndo um atrás do outro entre frutas e verduras.
Muito engraçado !
Morri de rir e por um instante achei que seria ótimo se o Dieguinho também tivesse um irmãozinho para brincar.
Mas foi só por um instante, viu, gente !
Por enquanto, ele vai continuar reinando exclusivamente aqui em casa...rsrsrsrsrs
Um ótima semana a todos !!!

5 comentários:

Geovana Centeno disse...

Nossa não é facil mesmo, o caio quando pequeno tambem não parava pra gente comer, era impossilvel hehehe, a Mariana tambem não para, então decidimos esperar ela crescer um pouco, não sei como a minha mãe se virava com nos 5, coitada viu, bom ela me fala que quase não saia, lembro bem nos ficamos em casa, mas minha mãe era energica e meu pai tambem, não como agora que a gente passa mão rsrsrs...aqui em casa a diferença do caio pra mariana é 5 anos preferi assim, achava que iria ficar louca se fosse muito perto kkkkk...beijocas nos dois!

Tuka Siqueira disse...

É, eu digo mesmo, mais de um ao memso tempo não é fácil não. Aqui cortamos um dobrado quando saimos, até porque não saimos muito então quando vão para a rua minhas meninas parecem onças que estavam enjauladas... Por isso chamo minhas criAnças de criOnças.
Mas com jeitinho a gente acomoda elas e só vamos a lugares onde sabemos que teremos a compreensão (e a piedade) alheia.
Beijos

Cida Kuntze disse...

Oi amiga!
Eu lendo e imaginando a "cena"...rsrsrs.
Quando vamos a restaurantes, sempre levo algo pra minha filha se distrair. Quando era pequena levava um brinquedo que gostava, depois lápis de cor e folha pra ela ficar desenhando...enfim, sempre inventávamos algo pra conseguirmos ficar o maior tempo possível e comer com calma...rsrsrs. Mas nunca fomos com mais crianças, pois sabíamos que seria difícil de segurar...rsrsrs.
Hoje em dia ela já está grandinha, então não temos mais esse problema, mas quando são menores, não é nada fácil mesmo.
Lembro que eu quando adolecente ia junto com o meu irmão e cunhada nos restaurantes, pois eles tinham 3 filhos e eu comia rápido pra poder ficar cuidando deles...só hoje me dou conta do quanto fui explorada naquela época...kkkkkkkk.
Enquanto os dois comiam a vontade, eu ficava correndo atrás da galerinha...kkkkk.
Mas não faz mal, tô brincando, eu adorava ir com eles passear.
Beijinhos.

Sílvia Renata disse...

Oi ;)
Nossa tbm dou os parabens para essas mães... fico pensando no segundo filho mas tbm penso em como controla-los... ah esses dias saimos pra comer e o Edu derrubou o prato com o lanche todo em mim, imagina a cena... fiquei brava na hora mas depois rachei de rir kkkk isso pq é um so!
Bjs

Chris Ferreira disse...

Oi Debora,
cheguei aqui pela indicação de selinho da Geovana e adorei o seu cantinho.
Bem que eu queria ser mãe de uma turma. Mas não deu.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/