sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Novos desafios

A pressão entra para as nossas vidas no momento que nascemos.
Direta ou indiretamente somos pressionados a tudo:
a começar a andar, a falar, a entrar para a escola, a fazer faculdade, a trabalhar, a casar, a ter filhos...
Quem nunca passou por uma cobrança desse tipo ???
Depois que somos mães, parece que a pressão só aumenta.
Os palpites, opiniões, pitacos e cobranças são muitos !
O menino já anda ?
Ele ainda mama ?
Não fala ?
Dorme com vocês na cama ?
E o pior... se a resposta não corresponde ao esperado, tudo é culpa da mãe !
Arrrrgggghhhh !

De uma certa forma, em alguns casos, somos nós as culpadas mesmo !
Por excesso de amor, às vezes até por comodismo, acabamos habituando os nosso filhos a coisas pouco recomendadas.
Com um ano e meio, o Di ainda mama (agora só para dormir) e ainda dorme na cama conosco.
Como tirar esses vícios ???
Estou achando difícil...
Como negar o peito ao meu filho quando ele cheio de soninho vem se animar a mim e chora, chora até ser atendido ??
Vou deixá-lo no berço chorando durante horas até ele se acostumar a dormir lá ??
Help, meninas !!! Aceito sugestões !!!


Outros dois desafios que estão me batendo à porta são em relação à fala e o tão temido desfralde.
Meu filhote só diz "papá", "mamã" e suas variações.
Também balbucia um monte de sílabas, fala imenso a linguagem dos bebês, entende tudo o que falamos e obedece ao que pedimos, mas não diz outras palavras entendíveis...
E a culpa é de quem ???
É da mãe que não o estimula (o que não é verdade !)...
e é também da mãe que não o coloca na creche para conviver com outras crianças.
Bem, quanto a esse tema, nem me estresso tanto, pois tenho conversado muito com outras mulheres e percebi que não falar antes dos 2 anos é mais comum do que eu pensava...

Quanto ao desfralde, outro dilema !
O médico disse que eu já deveria iniciá-lo, mas como fazer se o Di ainda não fala ?
Ainda não pede para fazer xixi e côco ?
Quando ele está fazendo o número dois eu sei bem... mas o número um, é impossível perceber.
Meu filhote também ainda não sabe tirar a roupa...
Por outro lado adora andar peladão... se for sem fraldas, melhor !
Tenho lido matérias e posts sobre o assunto e acho que ainda é cedo para ele.
Também tenho medo de deixar para depois e ser tarde !
Enfim, quem disse que ser mãe era fácil ?


Quem já passou e superou esses probleminhas, deixe aqui o comentário contando sua experiência.
Com certeza, vai ser de grande valia !
Eu e muitas outras mamãs agradecem !
Um abraço e um fim de semana sem cobranças pra nós !

5 comentários:

Tuka Siqueira disse...

Débora, não vá atrás de palpites, faça o que o seu coração mandar. Quanto à fala, os meninos geralmente demoram mais a falar, e antes dos 2 anos não sai muita coisa mesmo. Se vc conversa bastante com ele, não tema, daqui a pouco ele desanda a falar. O desfralde ainda acho cedo. Especialistas dizem que não se deve iniciar o desfralde antes de 1 ano e meio porque eles ainda não tem controle sobre essas funções, o desfralde sempre é bem mais sucedido no verão, então acho que vc deve esperar atá esquentar (é inverno aí, não é?), eu to desfraldando as gêmeas só agora, com quase 3 anos. Em compensação a pequena que já tá com um ano e 4meses, pretendo iniciar assim que ela comece a andar, pois se ela está demorando a caminhar, já esta madura para muitas outras coisas.
Enfim, cada criança tem seu tempo, é preciso respeitar o tempo delas.

Beijos

Diário de Menina disse...

Olá Débora!
São desafios mesmo, também muitas cobranças, mas cada criança tem o seu tempo. Tente fazer uma coisa de cada vez. Outra coisa, no inverno é ruim tirar a fralda, melhor no verão e pelo que sei aí ainda está frio né? E ele é bem novinho ainda. Calma, vá com calma que tudo vai dar certo.
Beijinhos.

Simone Scharamm disse...

Oi, Débora,
Eu entendo bem como se sente. Toda mãe tem essas dúvidas! Olha, quanto ao desfralde, vá com calma...é natural que isso ocorra próximo aos 3 anos. E cada criança é diferente. A minha filha mais velha começou a usar o troninho com 1 ano e meio. A mais nova, só com 2 anos e meio.
Minha dica é que você adquira um troninho musical(acho que deve ter por aí, né?)aí, você não vai forçar a retirada da fralda, mas, vai familiarizá-lo com o objeto. Observe o horário em que ele faz cocô, passe a colocá-lo sentadinho algum tempo, você senta no chão bem próxima a ele e vai contando uma historinha...faça disso uma rotina diária. Mesmo que ele não faça nada no início, com o tempo, ele vai acostumando.
Quanto à hora de dormir, deixe que ele continue dormindo aconchegado a você...eles crescem tão rápido! Mas, quando o sono estiver pesado, leve-o para o berço. Coloque um travesseiro ou rolinho macio de cada lado do corpinho, para ele não perceber que está sozinho.
Boa sorte, amiga!
Beijos!

Débora disse...

meninas
muito obg pelos comentários e dicas... é sempre bom ouvir quem já passou por essas coisas...beijinhos

Sílvia Renata disse...

É infelizmente as vezes temo que ouvir determinados comentarios... um dia teve uma amiga que me chamou de 'mole' pq eu ainda permito que o Edu durma comigo e meu marido na cama, e ainda veio me dizer que se meu marido nao ta reclamando é pq ' ai tem' acredita? Minha vida com meu marido é mto boa, se querem saber a frequencia que fazemos sexo? ahhh isso é meu e dele não acha? Mas, amiga, segue o que seu coração manda, e qto a fala,olha so, o edu falou cedo, mas em compensação demorou pra andar... cada bb desenvolve de uma forma, nao da pra comparara ne... qto ao desflalde, gostei das dicas da Simone...
Um abraço