sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Jornalista e Mamãe Blogueira

Como jornalista e mamãe blogueira, achei que não podia ficar fora da polêmica em torno da matéria do Jornal "A Folha de São Paulo". Só ontem li em alguns blogs amigos a repercussão do que foi publicado. Fiquei triste por ter visto uma reportagem tão parcial, mostrando apenas o suposto "lado negativo" da nossa atividade, como também não podia deixar de me solidarizar com a Giovana.


Muito antes de sonhar ser mãe, eu esquentava os bancos da Universidade Federal do Ceará, ouvindo lições preciosas de mestres como Agostinho Gósson, Ronaldinho...  "Jornalista precisa ter ética, ser imparcial e sempre ouvir os dois lados". Não sei como a Giovana foi abordada, como lhe foi explicada a proposta da entrevista. Se disseram apenas que era para falar das mamães blogueiras, acho que a matéria cumpriu o seu papel. Embora a gente não concorde, a reportagem falou sobre o assunto, sim, mas de uma forma totalmente negativa, sem mostrar o outro lado: os benefícios que a blogosfera também traz a todas nós.


Li em muitos blogs que a entrevista que a Giovana deu foi distorcida. Não quero entrar nesse mérito, pois não ouvi ambas as partes. 
A maneira como o assunto foi abordado também me desagradou. Mas os "especialistas" que deram entrevista na reportagem  tocaram num assunto polêmico e importante: a super exposição de vidas e crianças na rede mundial de computadores. Não deixa de ter seu cunho de verdade. Mas a internet é um território livre, cada um usa esse espaço como bem entender. 
Quando falei ao papá do Diego que ia começar o blog, a primeira coisa que ele me pediu foi para não colocar fotos do nosso filho na net. Achei bobagem e exagero, mas procurei ponderar as coisas. Como vocês já perceberam, coloco pouquíssimas fotos do meu bebê aqui e quando o faço, ele nunca aparece em big close. Mas não condeno quem faz dos blogs, álbuns virtuais. Pelo contrário ! Acho lindo os cantinhos personalizados, cheios de fotos de mamães e seus pimpolhos. Na minha modesta opinião, essa exposição não é prejudicial. Ainda mais por que os babyblogs, em geral, só interessam, a outras mães ou futuras mamãs; a nós que amamos a maternidade.


Por hora, não trabalho mais como jornalista. Mas não esqueci do que aprendi. Hoje sou apenas mamãe blogueira que adora dividir e trocar experiências com outras mulheres que, em alguns casos, acabam virando gratas amigas virtuais. Como já disse em outro post, fazemos da blogosfera uma grande corrente do bem. Nós expomos nossas vidas, sim ! Compartilhamos dúvidas, alegrias, angústias e conquistas.  Nós nos expomos, sim ! Cada uma a sua medida ! Certo ? Errado ? Acho que as coisas não devem ser julgadas por aí. O que se faz com amor e por amor a um filho não merece castigo !  

Nota: Li no blog da Dina que ela foi entrevistada pela "Folha de São Paulo" para uma reportagem mostrando a repercussão sobre a matéria que a Giovana participou. Vamos ver como as coisas serão ditas dessa vez !
Um ótimo fim de semana a todos !

7 comentários:

Karol Nascimento disse...

Nossa, nem vi essa matéria! Vou ver. Que chato isso. Mas, sabe, concordo com seu marido em não querer expor tanto o Dieguinho. Sabemos que na net circulam pessoas doentes, ruins. Melhor não dá tanta informação. Eu mesma, no meu blog, se vc reparar não coloco tantos detalhes sobre a minha vida. A gente nunca sabe quem está do outro lado.
beijão e ótimo final de semana!

Geovana disse...

Oi querida falou tudo viu, adorei como você abordou o assunto, eu exponho os meus filhotes, coloco foto de perfil, mas cuido pra não colocar fotos deles pelados, falo mais dos passeios, e algumas coisas que acontecem em casa...amo esse mundo blogueiro tambem, talvez um dia tire as fotos das crianças como ja fiz um dia...beijocas e muito obrigada pelo selinho, vou postar sabado.

Roberta Portela disse...

Falou muito bem, Débora. Adorei o post. Quero só ver essa outra reportagem também...

Ps: Ansiosa aguardando meu presente.

Beijoss e bom fim de semana!

Cida Kuntze disse...

Oi Déby!
Gostei muito do seu post, vou esperar pra ver o que vai dar com a entrevista da Dina, sobre a repercussão que deu.
Gosto de visitar, amooo mesmo, os blogs de mamães. Me divirto um monte com as histórias e também me solidarizo com os desabafos.

Quando fiz o meu blog, eu não conhecia os de mamães, foi por acaso que entrei no da Nádia um dia e assim conheci esse universo maravilhoso.

Meu esposo, quando falei em fazer o *Compartilhando, ele me apoiou desde que eu não colocasse fotos. Eu tinha a nossa no perfil e do dia dos pais uma dele com a nossa filha.
Esses dias ele pediu que tirasse as duas, até a do perfil. Por isso essa meninazinha aí...rsrs.

Ele gosta do meu blog, dos testemunhos e mensagens que escrevo, mas devido a tantas coisas na internet ele pediu que não colocasse fotos. Eu não fiquei chateada e acatei, pois as que me seguem a tempo já me conhecem...rsrs.

Essa história da Folha achamos muito injusta no sentido de não permitirem uma reportagem maior sobre os dois lados da história.
É ruim a super exposição, mas também tem tantas coisas legais que umas aprendem com as outras, sem falar nos laços de amizades que surgem.
Eu mesma, sou muito grata a Deus por ter conhecido todas vocês, pois vieram num momento que me encontrava tão sozinha...numa cidade longe dos parentes e amigos.

Mas vamos levando a vida, os dias não são iguais e as coisas passam. Vamos acatar o que é pro nosso bem e o que não é, deixa pra lá.
Beijinhos minha lindaaa amiga.

Claudia disse...

Debora querida
Adorei o post e a reflexao
Acho que vc é muito ponderada.
Bjks e um otimo final de semana

http://blogdaclauo.blogspot.com/

Claudia disse...

Oi querida
Tem selinho pra vc la no blog.
Bjks

http://blogdaclauo.blogspot.com/

♥ Viviαŋє ♥ disse...

Que blog mais fofo! Estava visitando alguns blogs e cheguei até aqui.Adorei tudo. Já estou seguindo para conferir os próximos posts. Eu sou mamãe de um menino de 1 ano e 4 meses. Visite meu blog e conheça a loja Kids e Cia.
Se gostar do meu blog siga também.
Até breve! Obrigada!

http://www.vivianeborges.com/