quarta-feira, 14 de Março de 2012

Pequenos Grandes Gestos

Nós, mães, vivemos sendo surpreendidas pelas peripécias dos nossos filhos.
Desde que nascem, eles têm essa capacidade...
E acho que vai ser assim pelo resto da vida...
Seja com palavras, atitudes, um carinho... tudo é motivo para a gente se encher de orgulho.
Mas acho que não há nada mais emocionante de se ver do que os pequenos grandes gestos.
Aqueles atos simples e genuínos que eles têm... e que partem deles, sem ninguém ensinar...

Quando andamos na rua, vamos, eu, de um lado, o papá, do outro e o Di, no meio.
Todos de mãozinhas dadas...
O que vocês devem estar perguntando é o que tem isso de novo, já que essa cena é tão comum de se ver...
Bem, a cena é corriqueira, concordo.
Mas o que achei incrível foi a atitude do Di dias desses...
Estávamos nós andando: eu segurava a mão esquerda dele e o papá, a direita.
E sabem o que ele fez ?
Ali, mesmo andando, uniu as nossas mãos.
Na verdade, fez um movimento que juntou a minha mão e a do papá.
Achei aquilo interessante...
Talvez seja até uma atitude normal entre as crianças.
Mas achei um gesto tão lindo que me tocou bastante.
E, para mim, foi ainda mais especial porque aquela atitude partiu dele.
Ninguém nunca o tinha ensinado a fazer aquilo, nem ele tinha visto ninguém fazer.
Foi totalmente espontâneo.
Ainda procurei uma imagem para vocês entenderem  melhor o que tentei explicar acima, mas não consegui.
O fato é que, quase sempre que saimos os três de mãos dadas, o Di tem repetido aquele gesto de unir às minhas mãos as do papá.
Apesar de já não ser mais uma novidade, não deixamos de nos encantar toda vez que ele faz aquilo.
Esses pequenos gestos são mais valiosos do que muitos presentes...
São tão pequenos, mas significam tanto... e trazem tanta felicidade às nossas vidas....

E vocês ?
Qual foi o pequeno grande gesto dos vossos filhos que foi especialmente marcante ?

Um abraço a todos e uma quarta-feira maravilhosa para nós !


4 comentários:

Sandra disse...

É um gesto muito bonito, é a união do amor.
Bjs.

Lu do Deninho disse...

Pra mim é quando chego do trabalho, pego minha princesinha no colo e ela tenta me comer !!!! kkkkkkk
Me morde, aperta, beija, lambe.....acho que ta tentando dizer que tava com saudades, assim como eu tb estava !

Cida Kuntze disse...

Oi Débby!
Nem me fala, esses pequenos gestos nos emocionam mesmo.
Minha filha já fez muitas coisas maravilhosas também, que mexeram conosco, mas uma recente foi o que ela escreveu numa tarefa da escola.
Ela escreveu que nós somos os melhores pais do mundo, e que quer ser igual a mim quando crescer, pois sou uma mãe muito legal.
Eu ri e me emocionei, pois é assim que eles nos vêem agora, como super em tudo.
Um beijo querida e adorei esse post!

Roteiro Baby disse...

Minha filha já fez isso também... com apenas 1 ano e 4 meses... eu e o pai dela não estávamos no nosso melhor dia... e foi ótimo para deixarmos a bronca de lado... ela deve ter sentido isso! Incrível! Ela é nosso anjo! E por ela, vale a pena ser muito feliz! Só mãe entende essas coisas, né?!
Adorei conhecer seu blog!
Visite o Roteiro Baby também... em breve, faremos um SUPER sorteio de Dia das Mães! Fique de olho para participar!!!
Te aguardo no facebook (www.facebook.com/roteirobaby) e Twitter (@Roteirobaby).