quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Enfim, o fim !

Pois é, meu povo...
Foram 2 anos e 4 meses de uma imensa e intensa troca de amor...
Uns 850 dias amamentando o meu rebento...
E o que era maravilhoso chegou ao fim...
Não que o Di não quisesse mais o peito... não que o leite tenha acabado...
Mas por iniciativa minha senti que era hora de parar.
Apesar de ser uma das experiências mais incríveis da minha vida, já não me sentia mais tão confortável em amamentar o Di.
Só, então, entendi o que tinha lido em tantos artigos que diziam : "nada de seguir regras e opiniões alheias, você vai saber a hora de desmamar o seu filho".
E é verdade.

Eu já tinha tentado tirar o peito do Di outras vezes.
Mas eu ainda não estava preparada.
Quando ele pedia o peito, chorava e eu chorava junto por não dá-lo.
Depois de algumas tentativas frustradas, resolvi deixar a coisa seguir.
As mamadas vinham diminuindo...
O Di só procurava o peitinho à noite, para dormir.
Fui conseguindo adormecê-lo de outra maneira.
E um belo dia, pronto, fechei a torneira !
Acho que foi bom assim.
Foi de uma forma gradual para os dois.
Sem traumas, pois não me senti forçada a fazer algo.
Já não me sentia culpada por não dar o peito ao meu filho.

Agora se você me perguntar se essa decisão foi de comum acordo, bem, isso já é uma outra história...
O Di, se pudesse, ainda hoje andava agarrado ao seu bem mais precioso.
Mas, mesmo para ele, não foi assim tão sofrido.
Quando queria mamar, pedia, enroscava-se todo em mim, choramingava um pouquinho...
Mas era só distraí-lo com outra coisa e a vontade era logo esquecida.
Bem, na verdade, ainda continuamos meio assim.

Parei de amamentar há mais de um mês.
O leite já acabou, mas a vontade do meu filho ainda não.
Não há um dia que ele não se lembre da sua tetinha querida.
Vem, enrosca-se todo em mim, mete a mão na minha blusa, pede...
Mas tudo de uma maneira bem soft.
Eu e o papá começamos logo a dizer: "ihhhh, o Di está tendo uma recaída...rsrsrsrsr"
Algumas vezes, acho que ele faz até por brincadeira.
Aí tenho que dizer: "não pode, filho, acabou o leitinho!"
Então, meu espertinho dispara logo: "quer ver!"
Ou seja, quer ver mesmo se estou falando a verdade e pede pra ver.
Quando mostro-lhe o peito sem leite, depois de um "ooohhhhh", caímos na gargalhada os dois.

E assim foi e está sendo o nosso desmame.
Se você, mamã, está passando por essa fase, fique tranquila e tenha calma.
Não tente apressar ou interromper esse momento que é tão maravilhoso.
Por mais difícil que possa parecer, você vai saber, sim, o melhor momento de parar !

Ahhhh, se eu sinto saudades de amamentar ?
Digo sempre que não até ver um bebezinho agarrado ao peitinho da sua mamã. 
Quando estive de férias no Brasil e via minha cunhada amamentar minha sobrinha, dava saudade, sim !

Um grande abraço e um dia maravilhoso a todos !




4 comentários:

Simone Scharamm disse...

Olá, querida amiga,
Feliz Ano Novo!!!
Boas novidades você traz!
Olha, a minha Luísa ainda hoje sente saudades...vez por outra vem cheirar a minha blusa,rsrs e já está com 8 anos! A ligação entre vocês será muito mais forte, por toda essa dedicação que você teve. Você vai ver!
Desejo que tudo de bom aconteça em 2012 pra vocês, viu?
Esteve no Brasil, né, querida? Curtiram bastante? Depois me conta tudo, estou louquinha com a proximidade do casamento, daqui a 9dias...mas sei que vai dar tudo certo.
Beijo grande!

Cida Kuntze disse...

Oi Débby!
Não tem jeito, uma hora isso acaba acontecendo, mas que dá uma dó, isso dá.
A minha por iniciativa própria com 9 meses não quis mais mamar.
Eu confesso que fiquei triste na época, pensava em amamentar pelo menos até 1 aninho ou um pouco mais, mas foi ela que não quis.
Quando vejo alguém amamentando sindo sim saudades, mas já foi... agora são outras as novidades e conquistas.
Beijinhos e um abençoado final de semana querida.

Ivana_coisa de mãe disse...

Débora, quando a gente deixa de amamentar fica sim um vazio, mas depois, com o tempo, a gente vai aprendendo a lidar com ele. A saudade vai diluindo com o tempo! Mas você conseguiu amamentar por muito tempo e isso é que é legal!

bjos querida e um 2012 cheio de paz!!!

Chris Ferreira disse...

Oi Débora,
Essa fase é mesmo bem delicada!!! Mas vcs vão tirar de letra!!!
Amei a postagem!!!
Beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/