sexta-feira, 25 de março de 2011

Agora é a sua vez... por Tatiana Quattrone Lessa

Gente, é com muito prazer que volto a publicar nesse cantinho a seção que tanto gosto.
Esse espaço aberto para toda mulher que quiser compartilhar conosco o prazer que é ser mãe.
Já fazia tempo que não tinha uma participação especial aqui.
Hoje, apresento-vos a minha amiga blogueira Tatiana Quattrone Lessa.
A Tati, como é mais conhecida, é uma brasileira que mora no exterior.
Ela escreve suas impressões e peripécias no Vida Bicultural.
Já não lembro como cheguei até o blog dela, mas gostei tanto que virei logo seguidora...
Espero que vocês também gostem de conhecê-la...


Agora é a sua vez...
...por Tatiana Quattrone Lessa


Quando a Débora, do "Amar ser Mãe" me convidou para escrever um post sobre ser mãe, fiquei lisonjeada, mas tenho que admitir que também bem insegura.
São tantos sentimentos sobre esse assunto, que achei não ser capaz de passá-los em algumas linhas.
Nunca fui do tipo sonhadora que pensasse em casar...ser mãe..etc..Não pensava sobre o assunto, trabalhava, estudava e curtia o dia a dia. Claro que eu queria encontrar alguém, quem não quer? Mas alguém que valesse a pena, se não...sozinha eu estava melhor.
Tive 2 namorados sérios e "ficadas" que enjoava rápido. Então ..claro, minha mãe sempre falava, "Ta achando o que? Que o príncipe vai entrar pela janela? Ta muito exigente..." Sabe como é mãe quando resolve atazanar!
Até que conheci marido, fiquei encantada desde o primeiro momento.
 Ele morava em outro pais (mas é brasileiro) , saímos 9 meses entre as vindas dele ao Brasil , o visitei , o pedi em casamento ( é...EU pedi em casamento), casamos no Brasil (em 1993) e fui morar com ele na Califórnia.Tivemos 2 filhos lá.
E com os filhos, descobri outra Tatiana, a protetora, a insegura, a dedicada, a desesperada, a que sabe tudo e a que não sabe nada.Ser mãe é tudo isso, uma mistura de sentimentos que mudam a cada instante.Uma loucuuuura!!!
Com certeza uma maravilha, mas também questionamentos e descobertas que nos desafiam constantemente.
Tive 2 filhos com personalidades bem diferentes, um bem calmo e outro espevitadíssimo e conheço mães que dizem que os filhos são uns amores e não dão trabalho. Esse não foi o meu caso, um deles sempre teve muuita energia, mas muuuuita mesmo, então eu era a própria zumbi, louca por um soninho. Sem contar que (como muitas que moram fora) nunca tive empregada, babá, e etcs....era eu e marido, sempre!!O que agradeço muito, porque nos uniu ainda mais! A experiência de ser mãe me fez descobrir qualidades e defeitos que não tinha conhecimento, onde tive que conhecer-los para me tornar uma melhor mãe.
Ser mãe é aprender a não olhar mais para o seu umbigo, é ir ao cinema e amar o filme só de ver o olhar extasiado da prole (mesmo quando são desenhos, o que eu deteeeesto..rs), ser mãe é ir a um jogo de futebol (ou peça de ballet), que nunca me chamou a atenção e torcer como se fosse uma copa do mundo só porque filho está la jogando,...ser mãe é sentir prazer com o prazer que eles sentem.
Agora em 2011, filhos estão com 13 e 16, estou vivendo a plena adolescência.....(oi?), novas descobertas e novos desafios, mas sinto que apesar de ter abdicado de algumas coisas por escolha, por ser mãe e querer estar presente, sou uma mulher muito feliz e realizada graças as experiências que vivi.
Um dos meus grandes orgulhos foi ter conseguido construir uma família que me preenchesse tanto!!
Beijocas.Tati.



***

Tati, obrigada por partilhar conosco esse depoimento tão sincero e carinhoso sobre o que é ser mãe.
Saiba que esse cantinho estará sempre aberto a você...
Assim como aguarda muitas outras participações.
Basta mandar um mail para deboravieira@hotmail.com dizendo porque você ama ser mãe.
Não há regras, nem formatos...
O seu coração é quem manda !

Um maravilhoso final de semana a todos ! 

17 comentários:

Tuka Siqueira disse...

Lindo relato da Tati! Ser mãe é tudo isso mesmo, novas descobertas a cerca de si mesmo e sentimentos ambiguos e contraditórios!

Abraços!

Sandra disse...

Uma bonita participação, que descreve muito bem o que é ser mãe.
Bom fim de semana.
Bjs.

Tatiana disse...

Puxa....Debora...adoreeeei!!! E pela milesima vez...SUPER OBRIGAAADA querida!!!!
Vou fazer um postezinho la no meu blog comentando o seu,ta?
Obrigada tambem,Tuka e Sandra, assim que der irei la conhecer um pouco voces!!!
Beijocas!!

Sílvia Renata disse...

Adorei a participação...
Descreveu bem esse sentimento materno...
Abraços

Fabiana disse...

ANDEI MUITO OCUPADA POR ISSI SUMI.
mAS PASSEI POR AQUI PARA DESEJAR UM OTIMO FINAL DE SEMANA.
EU DEMORO MAS APAREÇO,VIU!/

Tatiana disse...

Ups...escrevi conhecer-los ao invés de conhecê-los...

Cida Kuntze disse...

Oi Tati!
Adorei a sua história, sua participação, enfim...conhecê-la um pouco mais.
Vou passar no teu blog pra conhecer.
Beijos.

Oi Déby!
Muito legal esses depoimentos né amiga?
Que mais mamães blogueiras te mandem seu texto pra gente poder ler.

Beijinhos e um ótimo final de semana.

Cida Kuntze disse...

Déby querida, já coloquei em dia minha leitura aqui no teu blog. Adorei os textos anteriores e deixei comentários.
Eu ando ausente dos blogs, estou curtindo muito essa nova fase da minha filha, muito envolvida com escola, com atividades extras, enfim...o tempo na internet diminui, mas tá ótimo. Sabes que quando eu ligo pra visitar já venho correndo aqui pra ver tuuudo.
Adoro o jeito que escreves, tinha mesmo que ser jornalista né? rsrs.

Manda qualquer hora um texto teu pro Recanto, pro e-mail, pode ser qualquer assunto. A administradora posta. A gente adora ter contribuição e é uma forma de divulgar o teu blog pra muitas mamães que ainda não passaram por aqui, que não te conhecem.

Beijos querida.


Beijinhos.

Fabi a loba!!! disse...

Débora cheguei aqui pelo blog da Tati, já havia lido esse post no blog dela... linda história... e só tenho que acrescentar... linda família!!!

Sigo aqui e com o tempo vou vendo seus outros posts tá... beijos

Claudia disse...

Amiga querida
Que saudades...
Estou sumida, mas estou aqui, viu?!
Adorei o post e vou la visitar a Tati.
Bjks mil e um otimo findi

http://blogdaclauo.blogspot.com/

Mi Satake disse...

Q legal, meninas!
Q participação gostosa, falando de tua experiencia como mãe!
Super beijo pra vc, amiga!

Beijos tb pra ti Debora. Seu blog é um charme!

aproveito pra dizer q tb sou mãe, escrevo muito dos meus filhos no blog e adorei te conhecer!

Michelle
elegalepoetico.blogspot.com

Cida Kuntze disse...

Oi Déby!!!
Amiga querida teus textos são ótimos, podes até mandar lá pro Recanto algum que já tens aqui no blog. Esse anterior sobre Não é a Mamãe é tudo de bom né amiga...rsrsrs. Mas tem outros ótimos. Mas podes escrever algo...iria ser o máximo!!!
Pensa com carinho ok.

Minha filha acordou com febre hoje, não sei o que é, mas se não passar vou ver se consigo um encaixe a tarde com a pediatra dela. Nem vou levá-la pra escola.

Beijinhos e uma feliz semana.

Simone Scharamm disse...

Oi, querida Débora,
Parabéns por esse espaço no blog, que nos apresenta pessoas tão especiais!
Beijinhos e ótima semana pra você!

Karol Nascimento disse...

Deby, acho o máximo essa ideia de contar a história de outras mães. E foi muito bacana saber um pouco da experiência da Tati. BJ

Amapola disse...

Tatiana, adorei o seu depoimento. Sua história de amor, sua linda família, sua dedicação priorizando os filhos. Mãe é tudo isso... Amei!!

Que Deus os abençoe todos.

Um grande abraço.

Nina disse...

A Tati é uma fofa que conheci há pouquíssimo tempo e que já me conquistou pela simplicidade e carisma, e com uma bonita história como essas, nao tem como nao gostar, nao é?

E ela falou tao bem de vc que tbm vim dar uma olhadinha :-)

Tatiana disse...

Nooossa...fiquei bem emocionada, obrigada queridas pelos carinhosos comentários!!!
Beijocas!!