sexta-feira, 20 de maio de 2011

Agora é a sua vez... por Carla Franco

Nas últimas semanas, o blog ganhou novos seguidores.
A cada carinha que se junta às outras fico imensamente feliz.
É sinal que esse cantinho continua agradando...
...que outras pessoas gostam ou se identificam com o que é contado aqui...
Uma das "mamãs novatas" é a Carla Franco, do Arte Clara.
Eu até podia continuar escrevendo para apresentá-la melhor.
Mas o post que ela mandou foi tão bonito e completo que vou deixar que vocês a conheçam através das próprias palavras dela.

Agora é sua vez...
...por Carla Franco


Amo amo amo ser mãe...

Epa. Menstruação está atrasada. Como assim? Vou esperar mais alguns dias. Cadê a dona Regra? Será que falo pra o namorado? Será que falo pra minha família? Ainda não. Vou fazer o exame de farmácia primeiro. Quem compra o teste pra mim? Vou ter que falar com a minha mãe.
Positivo. Jesus! E agora? Informo o namorado aos prantos e ele tonto e feliz me leva pra fazer o exame de sangue. POSITIVO. O que faço agora?
Estou enjoando demais, seios estão doloridos, tenho muito sono e muita fome. Como tem mamães andando por aí. Como tem mulher grávida andando por aí.
E agora? Barriga crescendo. Bebê mexe. Menino ou Menina? Estamos encantados! Ela já faz parte de nossas vidas. Mas como assim? Gostar tanto de alguém que nunca vimos? Não pegamos no colo ainda. Parece um sonho. Sim, estamos sonhando.
Não estamos sonhando. É o dia dela nascer. Que alegria e que medo! Será que vai nascer perfeitinha? Será que irei sobreviver? Será que terei leite? Será parecida com a mamãe ou com o papai? Papai quer estar junto pra ver o nascimento. Papai viu a filha. Se apaixonou. Mamãe ainda estava grog. Cadê a bebezinha?

 
 
Enfermeira diz: Parabéns mamãe.  Eu a pego e não acredito.  Tiro 50 fotos e ainda estou tentando acreditar.  Que coisinha mais linda meu Deus. Obrigada!
 
Está chorando muito. Enfeirmeira posiciona ela no meu peito e ela começa a mamar. Epa! Não estava preparada pra isso, mas me sinto como uma mãe experiente. É bom demais amamentar. Chora, mama, faz xixi, faz coco, toma banho, dorme. BIS.Que tesouro que temos em casa. Quanto mais o tempo passa, mas desenvolve, mais nos preenche, mais nos encanta, mais tudo! Começa a sorrir, aprende muito rápido. Como o tempo voa.Por onde ando em casa há brinquedo. A casa está com cheiro diferente. A casa não é casa. A casa é lar. Lar doce Lar. As roupas dela estão penduradas no varal junto às nossas. A comida está melhor para melhor alimentá-la. A casa está sempre limpa pra ela brincar. Tenho novos programas. Vou a pracinha, parques, zoológico, vemos a Xuxa, Branca de Neve, a Angelina Balleirina entre outros. Brinco, pulo, corro, sorrimos juntas.Quando ela dorme fico horas observando seu soninho e agradecendo a Deus todos os dias pela dádiva, pela bênção e por toda a alegria que estou vivendo hoje. E agora que estou escrevendo este texto, estou observando ela brincando.Sou mãe, sou coruja, sou protetora. Sou mãe de vários braços (multitarefa) e entendo muito minha mãe hoje e a amo também muito mais hoje. Sou mulher, sou acima de tudo, mãe. Sei que um dia minha bebezinha tão indefesa, enfrentará seus desafios de vida e quero sempre poder estar perto para orientá-la como tento fazer todos os dias. Vivendo por ela e pra ela.
Amo ser mãe por vários motivos que talvez nem todas as palavras poderiam explicar ao certo. Só quem é mãe pode sentir o amor no seu mais doce sentido... Este amor nos dá certeza de que podemos melhorar o mundo pela transformação que passamos por causa deles. Por tudo o que ensinamos a eles e tudo o que aprendemos deles. Assim podemos criar um ambiente harmonioso, cheio de amor e respeito para todos.

E é claro, amo pra todo o sempre minha bonequinha, Maria Clara. Hoje com dois anos e três meses:

  
Que Deus abençoe nossas crianças! Beijo carinhoso!

Carla – Mâe da Maria Clara (http://www.arteclara.com.br/)

***

Carlinha, em primeiro lugar, muito obrigada por aceitar o convite e participar aqui do blog.
Em segundo, obrigadíssima por nos presentear com um resumo tão completo da sua história de amor com a sua linda filha.
Parabéns as duas !
Pelas suas palavras, a gente percebe logo que você é uma "Mãezona", mais uma de nós que ama ser mãe.
Que Deus continue abençoando e protegendo você e sua família.

Então, tamabém ficou com vontade de participar aqui do blog ?
Não precisa esperar um convite meu.
O espaço está aberto a todas.
Basta mandar um texto para o meu mail (deboravieira@hotmail.com) dizendo porque você ama ser mãe.

Beijinhos e um ótimo fim de semana !

6 comentários:

Carla Mãe da Maria Clara disse...

Olha eu aí!
Também estou adorando conhecer pessoas queridas por aqui. Tenho amigos virtuais "reais" que acabam fazendo parte do nosso dia a dia com suas experiências.
Obrigada pelas palavras e que Deus abençoe não só a minha família, mas a de todos preenchendo sempre o coração de cada um com amor e paz!!

Beijo grande pra vc e pra o Dieguito.

Carla e Maria Clara.

Aretusa disse...

Carla, que texto lindo!
Fiquei imaginando tudo isso que você passou e passa, fiquei lembrando de mim vivendo isso também - nossas pequenas tem idades próximas - mas na minha versão!!
Acho que é por isso que a gente se deu tão bem, em tão pouco tempo!
Ah, também fiquei imaginando a Maria Clara lendo isso futuramente, afinal, não deixa de ser para elas, para nossos filhos que fazemos, escrevemos no blog com tanto carinho!!!
Beijos querida!!
Aretusa, mamãe da Doce Sophia

Ivana - coisademae disse...

Que lindo relato! E me emociono cada vez que leio um texto assim, traz tantas lembranças maravilhosas....!!
Um beijo nas duas!

Cida Kuntze disse...

Lindo, lindo, lindo, amei o texto Carla!
Beijinhos e parabéns pela filha linda.

Tuka Siqueira disse...

Lindo, comovente!!! Parabéns pelo belo texto.
Déb, tem selinho pra vc lá no blog. Bjs

Carla Mãe da Maria Clara disse...

Obrigada gente pelo carinho.
Cada mãe com a sua história mas com o mesmo peito repleto de amor por nossas crianças :D
Beijinhos pra vcs todas.