terça-feira, 28 de Fevereiro de 2012

As espertezas e o meu palhacinho...

Sempre que lia nos blogs das mamães aquelas coisas engraçadas que só as crianças são capazes de dizer, com toda a sua ingenuidade, eu ficava me perguntando quando chegaria a minha hora de postar sobre o mesmo.
E como o Di anda com a linguagem bem mais desenvolvida, já posso registrar aqui algumas das suas que nos fizeram rir essa semana que passou.

A tão temível sopa - parte 1

Se há uma coisa que o Di nunca gostou desde pequeno é sopa.
Seja do que for, com carne, sem carne... nada que se assemelhe a sopa desperta o paladar do meu pequeno.
Mas mesmo diante todas as resistências, ainda hoje insisto para fazê-lo comer.
Em cada 10 tentativas, talvez consiga uma...
E eis que num domingo à noite, lá vinha eu com um pratinho de sopa para ele.
Comeu não mais que 2 colheres e nada.
E se eu faço ele comer obrigado, coloca tudo pra fora.
Não há jeito que dê jeito.
Não tendo outra opção, deixei a sopa de lado...
No dia seguinte, à hora do almoço, falei:
"Filho, mamãe vai fazer a xixa (=comida, carne)".
E ele respode: "tá bem" e logo sai para brincar.
Mas volta até mim como um raio e solta um:
"Mãe, xopa (sopa), não !"
O jeito foi mesmo rir....


 A tão temível sopa - parte 2

Ontem, fiz massa para o jantar.
E o Di, com todo o seu quase inexistente apetite, comeu 2 colheres e não quis mais.
Deixei passar um tempinho e lá fui para a cozinha de novo.
Ele correu atrás de mim e mal me viu com o prato na mão foi logo disparando:
"Mãe, xopa, não!"
E eu:
"Bem, ou comes a sopa ou comes a massa !"
E não é que o danado comeu a massa toda que tinha recusado uma hora antes ?
Esse menino...

Meu pequeno espertinho...

O Di nunca foi de comer muito.
Parece mais um passarinho... vai bicando um pouquinho de cada vez...
E eis que ia dar-lhe um iogurte para o lanche...
No dia anterior, ele tinha pedido um de chocolate e eu para dar-lhe um de fruta, disse que o que ele tinha pedido não havia.
Pois não é que o espertinho se lembrou disso ?
Quando perguntei-lhe que iogurte ele queria comer, ele disparou logo:
"coate (chocolate), mamãe!"
Disse isso porque pensava que não tinha, assim não iria comer.
Vocês acreditam nisso ?
Como uma criança de 2 anos pode ter tamanha perspicácia ???
Eu disse:"está bem, mamãe vai buscar."
E ele: "mas não tem, mamãe!"
E eu: "tem, sim ! Mamãe já foi comprar!"
Eu aguento?
Não dá para não morrer de rir....rsrsrsrs

E para vocês dizerem que nunca mais mostrei meu pequeno... aqui fica uma fotinha do último carnaval quando o vesti de palhaço.
E não é que deu resultado ?
Ele agora adora se ver vestido daquele jeito e acho que não tem mais medo de palhaço....


Um grande abraço e um feliz dia a todos !

sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2012

Segundo filho: ter ou não ter ?

Todo mundo diz que a primeira vez é sempre mais difícil...
São muitas dúvidas, incertezas, preocupações com o desconhecido...
Depois, tudo fica mais fácil, afinal, já contamos com a famosa "experiência".
Acho que no meu caso e nesse caso específico (segundo filho), está sendo justamente o contrário...
Quando decidi e fiquei grávida do Di, encarei tudo sem medos nem preocupações, por incrível que pareça...
Não pensava se saberia como cuidar, se ia sofrer na hora do parto, se ia dar conta do recado...
Foi tudo tão tranquilo e natural que parece até que tinha "estudado" e me preparado para aquilo...
Uma gravidez saudável e muito boa (sem enjôos) também ajudou, claro...

Mas agora, com o assunto segundo filho rondando os nossos planos, sinto-me bem diferente...
Insegura ! Preocupada ! Cheia de dúvidas !

Será que há espaço e condições para mais um ?
Será que vou amá-lo tanto como amo o Di ?
Será que vou conseguir tomar conta de 2 ?

E penso mais...

Já não vou ter mais tanto tempo para me dedicar ao Di...
E se acontece algo de ruim ?
Só um filho não basta ?
Ahh, o Di bem que podia ter um irmãozinho...

Bem, depois que a gente é mãe, escuta tanta coisa que acaba ficando muito impressionada com tudo...

Nunca pensei que me decidir por um segundo filho fosse tão difícil...
Tem alguém aí que já passou por isso e quer ajudar a tirar tantas minhocas da minha cabeça ??
Desde já, agradeço !!!!

Um grande abraço a todos e um fim de semana maravilhoso pra nós !

segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2012

Enfim, voltamos... e Feliz Carnaval !

Afe, meu povo...
Mais de uma semana sem computador é quase uma tortura nessa era tecnológica, concordam ?
Bem, depois de dias e tentativas frustradas no conserto, tivemos que dizer adeus ao velho.
Agora já podemos voltar em força...
Esse foi o motivo da minha ausência aqui e nos blogs amigos...

Antes de mais, quero desejar um feliz carnaval a todos.
É estranho falar de Carnaval quando se mora aqui.
Por essas bandas, festa é quase inexistente e o pouco que se faz, nem se compara com a nossa folia.
Só para se ter uma idéia, o único dia que era feriado em Portugal era a terça-feira de Carnaval e isso já nem é mais.
Acho que quase todo mundo vai trabalhar normalmente amanhã...
Aí já dá pra vocês terem uma noção da "importância" que o povo dá ao Carnaval...
Mesmo assim, meu espírito brasileiro não se esquece de toda a alegria dessa época do ano.
Procuro na tv a cabo, um pouquinho dos nossos hits para dar meus pulinhos...rsrsrsrsrs

Também não poderia deixar meu pequeno Di alheio ao Carnaval.
Esse ano, comprei-lhe uma fantasia de palhaço e por um simples motivo...
Como ele vinha demonstrando muito medo de palhaços nos últimos meses, resolvi que iria fantasiá-lo assim para ver se ele entendia as coisas.
Antes, conversei bastante com ele... expliquei que palhaço era apenas uma pessoa mascarada, que era amigo, etc, etc...
Foram muitas e muitas conversas, mas o que resultou mesmo foi o dia em que fomos comprar a fantasia.
Quando chegamos a casa, fomos experimentar e ele ainda ficou um pouco resistente...
Mas, foi deixando-se vestir e até pintar a cara.
Colocar a peruca foi mais difícil e resolvi  não insistir tanto...
Para uma primeira vez, até que tivemos um bom progresso.
Vamos ver como será o grande dia amanhã, quando vamos vestir a fantasia para encontrar outros meninos.
Quem sabe eu até tenha sorte e consiga tirar-lhe uma foto pra vir mostrar depois aqui ???
Vamos lá ver...


Para quem está no meu querido Brasil, um Carnaval de muita alegria, para quem for brincar.
De muita paz, para quem for descansar.
De muito fôlego e disposição, para quem for trabalhar...
Enfim, um feliz Carnaval a todos !

segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2012

Blogagem coletiva: Pagando a língua !


Quem nunca disse:"Dessa água não beberei!"  - e tempos depois estava provando da mesma ?

Eu lembro bem quando ainda estava grávida do Di.
Fomos fazer uma visita a um casal de amigos que tinha um filho, na época com uns 2 anos.
Nossa, o menino fazia dos sofás da sala camas elásticas.
Andava aos saltos de um lado para o outro.
E eu olhando incrédula para tudo aquilo e pensando: "Meu Deus, como eles deixam o menino fazer aquilo ?"
O Diego nasceu, cresceu e um dia lá estava ele na nossa sala também gastando toda a sua energia no nosso sofá.
Quase que imediatamente lembrei da cena de tempos atrás...
Como tinha "condenado" uma atitude e agora estava permitindo a mesma...

Hoje que sou mãe, algumas vezes, também acabo escutando alguma indireta de um casal que não tem filhos...
Coisas tipo: "como você deixa ele fazer isso ?"/"isso é reflexo do que vocês deixam ele fazer em casa?"
Às vezes tenho raiva, outras vontade de rir e penso: "na teoria, tudo é fácil: quero só ver quando vocês tiverem um filho !"

Acho que muitas de nós, mães, já passamos por isso.
Criticar, condenar a educação dos filhos dos outros é fácil, mas quando chega a nossa vez, nem sempre conseguimos seguir aquilo que tínhamos idealizado.

Por isso, resolvi dedicar essa semana a esse tema para quem quiser me acompanhar nessa blogagem coletiva.
Basta colocar no seu post a figura acima e contar a sua história:
"Você já pagou a sua língua por ter criticado a attitude de uma mãe e depois se viu na mesma situação ?"
Acho que vão aparecer casos bem engraçados...
Estou ansiosa para saber...
Quem fizer um post para essa blogagem coletiva, depois vem aqui e deixa um comentário avisando.
Faço questão de ir aos blogs para ler tudinho.
Vamos lá, participe !
Vou aguardar ansiosa pelos vossos testemunhos.

Um grande abraço e uma ótima semana a todos !

quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2012

Tudo azul !

De uns tempos pra cá, o Di anda numa fixação pelas cores.
E, geralmente, para ele, é tudo azul.
Quando pergunto que cor é determinada coisa, a primeira que lhe vem a mente é essa.
É engraçado.
Mas, aos poucos, ele vai reconhecendo cada uma.
As que ele identifica com mais facilidade é o preto e o laranja.
O resto acerta vezes sim, outras não.
Essa se tornou a brincadeira da vez.
Estou sempre a perguntar-lhe as cores.
Ele adora.
E quando não pergunto, ele mesmo começa: "mãe, azul?"
Quando não é, tenho que explicar, fazer relações, semelhanças.
O certo é que ele tem aprendido.
Não é nenhum menino prodígio.
Tem horas que mais erra do que acerta e vice-versa.
O importante, acho, é não forçar muito nem repreender os erros.
É ir acompanhando e incentivando a aprendizagem de forma lúdica.
Como já falei aqui outras vezes, se é uma das coisa que mais adoro é acompanhar o desenvolvimento do meu pequeno.

Para a sorte do papá, azul é a primeira cor que, geralmente, vem à mente do Di.
É que azul é a cor do clube de coração dele, o Porto.
Até quando perguntamos de que clube é, o filhote disapara logo: "Pôto !"
A mamãe, aqui, sem preferências futebolísticas, só ri de tudo...

Um ótimo dia a todos !