segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011

Aprendendo a educar COM os filhos


Ontem foi dia de festinha de criança, filha de um casal amigo...
Crianças brincando e mães de olho e também aproveitando para colocar os assuntos em dia...
Acabamos por descobrir que uma de nossas colegas vai ser mamãe pela segunda vez.
O primeiro filho dela tem a idade do Dieguinho e já vem mais um a caminho.
Quando penso se vou dar um irmãozinho ou irmãzinha ao meu filhote, fico confusa...
Por um lado, adoraria ser mãe outra vez...
Por outro, penso:
Será que tem espaço para mais um na nossa rotina que está tão perfeita ?
Será que vou amá-lo tanto como o primeiro ?
E por aí vai...

Uma vez ouvi o desabafo de uma mulher quando soube que tinha ficado grávida pela segunda vez...
"Eu sou a mãe do "X" ! Não me via sendo mãe de outro filho..."

E aproveitando o assunto, vou postar um texto que recebi esses dias por mail...
Talvez seja conhecido de muita gente, mas achei que valia a pena compartilhar...
(Desculpem, mas não sei quem é o autor.)
Boa leitura !


Aprendendo a educar COM os filhos

Ordem Nascimento Filhos:

O 1º filho é de vidro,
O 2º é de borracha,
O 3º é de ferro…

A ordem de nascimento das crianças:

1º- Irmão mais velho tem um álbum de fotografia completo, um relato minucioso do dia em que vieram ao mundo, fios de cabelo e dentes de leite guardados.
2º – O segundo mal consegue achar fotos do primeiro aniversário.
3º- Os terceiros, não fazem ideia das circunstâncias em que chegaram à família.

O que vestir:

1º bebê – Você começa a usar roupas de grávidas assim que o exame dá positivo.
2º bebê – Você usa as roupas normais o máximo que puder.
3º bebê – As roupas para grávidas são suas roupas normais, porque você já deixou de ter um corpinho de sereia e passou a ter um de baleia.rsrsrs nem todas.

Preparação para o nascimento:

1º bebê – Você faz exercícios de respiração religiosamente.
2º bebê – Você não se preocupa com os exercícios de respiração, afinal lembra que, na última vez, eles não funcionaram.
3º bebê – Você pede para tomar a peridural no 8º mês porque se lembra que parir dói pra caramba.

O guarda-roupas:

1º bebê – Você lava as roupas que ganha para o bebê, arruma de acordo com as cores e dobra delicadamente dentro da gaveta.
2º bebê – Você vê se as roupas estão limpas e só descarta aquelas com manchas escuras.
3º bebê – Meninos podem usar rosa, né? Afinal o seu marido é liberal e tem certeza que o filho vai ser macho igual ao pai!

Preocupações:

1º bebê – Ao menor resmungo do bebê, você corre para pegá-lo no colo.
2º bebê – Você pega o bebê no colo quando seus gritos ameaçam acordar o irmão mais velho.
3º bebê – Você ensina o mais velho a dar corda no móbile do berço ou manda o marido ir até o quarto das crianças.

A chupeta:

1º bebê – Se a chupeta cair no chão, você guarda até que possa chegar em casa e fervê-la.
2º bebê – Se a chupeta cair no chão, você a lava com o suco do bebê.
3º bebê – Se a chupeta cair no chão, você passa na sua camiseta, dá uma lambida, passa na sua camisa desta vez para dar uma secadinha pra não pegar sapinho no nenê, e dá novamente ao bebê, porque o que não mata, fortalece.

Troca de fraldas:

1º bebê – Você troca as fraldas a cada hora, mesmo se elas estiverem limpas.
2º bebê – Você troca as fraldas a cada duas ou três horas, se necessário.
3º bebê – Você tenta trocar a fralda somente quando as outras crianças começam a reclamar do mau cheiro.

Banho:

1º bebê – A água é filtrada e fervida e sua temperatura medida por termômetro.
2º bebê – A água é da torneira e a temperatura é fresquinha.
3º bebê – É enfiado diretamente embaixo do chuveiro na temperatura que vier, porque você, seu marido e seus pais foram criados assim, e ninguém morreu de frio.

Atividades:

1º bebê – Você leva seu filho para as aulas de música para bebês, teatro, contação de história, natação, judô, etc…
2º bebê – Você leva seu filho para a escola e olhe lá.
3º bebê – Você leva seu filho para o supermercado, padaria, manicure, e o seu marido que se vire para levá-lo à escola e ao campo de futebol…

Saídas:

1º bebê – A primeira vez que sai sem o seu filho, liga cinco vezes para casa da sua mãe (sua sogra não pode ficar com a criança porque na sua cabeça, ela nunca foi mãe), para saber se ele está bem.
2º bebê – Quando você está abrindo a porta para sair, lembra de deixar o número de telefone pra empregada.
3º bebê – Você manda a empregada ligar só se ver sangue.

Em casa:

1º bebê – Você passa boa parte do dia só olhando para o bebê.
2º bebê – Você passa um tempo olhando as crianças só para ter certeza que o mais velho não está apertando, mordendo, beliscando, batendo ou brincando de supermam com o bebê, amarrando uma sacola de supermercado no pescoço dele e jogando ele de cima do beliche.
3º bebê – Você passa todo o tempo se escondendo das crianças.

Engolindo moedas:

1º bebê – Quando o primeiro filho engole uma moeda, você corre para o hospital e pede um raio-x.
2º bebê – Quando o segundo filho engole uma moeda, você fica de olho até ela sair.
3º bebê – Quando o terceiro filho engole uma moeda, você desconta da mesada dele.

****

Você riu em algum momento ?
Eu, sim !
Por mais cruel que possam parecer algumas situações, elas acontecem, sim!
Já vi muito menino com meia cor de rosa ou menina com roupinha menos feminina...
Por isso, às vezes digo, tadinhos dos segundos, terceiros filhos....

Será sempre assim ?
Quem for mãe de mais de um, deixa aqui o seu comentário.
Compartilha conosco essa experiência.
Uma semana maravilhosa pra nós !


sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011

Feitos unha e carne !

Não canso de me surpreender com a cumplicidade entre mãe e filho.
Agora entendo o que a minha mãe sempre me dizia: "eu te conheço só pelo olhar ".
E não é que é verdade ?
Só de olhar para um filho, a gente sente, sabe o que ele quer, o que ele está sentindo...
É impressionante !


Nunca pensei que pudesse conhecer tão bem alguém em pouco mais de um ano de convivência.
Eu a ele e ele a mim !
Nem precisa dizer nada...
Tudo está bem diante dos nossos olhos: alegria, tristeza, raiva...
Ligação entre mãe e filho é mesmo algo muito forte !
Aquele serzinho é como se fosse um pedaço da gente... como já disseram tantos: é o nosso coração batendo fora do corpo.


O papá vive se admirando comigo e com o Diego.
É ele quem diz que somos como "unha e carne" ! Um não vive sem o outro...
Reconheço que nosso chamego é muito grande mesmo !
 Vivemos grudados, rolando pelo chão, brincando, aos beijos e abraços...
Muitas vezes, meu filhote quer que eu esteja presente mesmo quando ele está brincando com o pai.
Por mais distraído que esteja em algum lugar, ele sempre olha para mim; para ver se estou por perto, para me dar um sorriso, para mostrar alguma gracinha que pretende fazer...


Definitivamente, não há nada que se compare a essa ligação !
Não consigo imaginar como vivi tanto tempo sem saber o que era esse sentimento sublime...
Um sentimento que, por mais que se explique, nunca se dimensiona toda a sua grandeza.
Tanto é assim que tive até dificuldade em escrever esse post.
Simplesmente não encontrava palavras para expressar tanto amor !
E acho que acabei por não transmitir o que realmente pretendia...rsrsrsrs...
Mas para encerrar, vou resumir simples assim:
Para mim, não há nada melhor no mundo do que ser mãe !

Aproveitem bem o fim de semana para curtir muito com os vossos filhos !

quinta-feira, 24 de Fevereiro de 2011

A primeira "Vernissage" + selinho !

Fazia dias que vinha me prometendo comprar uma caixa de lápis de cera para o meu pimpolho...
Essa semana, o sonho de consumo virou realidade e meu Di estreou no mundo das artes plásticas...
O resultado dessa mostra criativa, apresento-vos em primeira mão... rsrsrsrs

As primeiras obras

O primeiríssimo desenho...
 ...vai ser guardado pela mamã babada...rsrsrsrsr


o segundo...
obras assinadas de próprio punho, com ajuda da mamã...

O terceiro


o quarto...
...ainda precisa de alguns retoques, né ? rsrsrsrs...


Bem, numa Vernissage, o artista faz uma mostra privada dos trabalhos que depois irão para exposição...
Por aqui, vamos fazer diferente... 
Iremos presentear tios, avós e padrinhos com essas belíssimas obras...
Mas quem quiser comprá-las, também aceitamos encomendas...rsrsrsrsrs !
Agora que o Dieguinho descobriu os lápis de cera, não pára mais de desenhar...
Ele está todo contente com a novidade e a mamã aqui toda orgulhosa...


Agora mudando um pouquinho de assunto, quero mostrar o selinho que ganhei da minha amiga Lucinalva


Fofo, não é ?
Vou repassá-lo a outras amigas queridas...


É isso, gente !
Espero que vocês tenham gostado das artes do meu pequeno...
E que hoje também possamos ter um dia bem criativo e colorido !

segunda-feira, 21 de Fevereiro de 2011

Aqui está a minha.... e a sua ???

Gente, hoje é dia de participação especial.
Mas não estou recebendo nenhuma amiga aqui (continuo aguardando os posts !)
Há uns dias, atendi o chamado da Vanessa para participar do quadro que ela também criou lá no blog para dar voz a outras mamães...
Foi a primeira vez que escrevi para outro cantinho da blogosfera.
É um texto desprentencioso que fala de amor...
Quem quiser conferir, basta clicar aqui.
Quero agradecer a Vanessa pelo carinho e dizer que essas portas também ficam abertas, aguardando a sua participação.
Aliás, não só a dela, como a de todas as outras mamães.
Muita gente boa já passou por aqui...
Temos testemunhos lindíssimos nos posts das queridas


E você ? O que está esperando para mandar o seu post ?
Basta abrir seu coração e dizer porque você ama ser mãe.
Mande um mail para deboravieira@hotmail.com e venha fazer parte também desse cantinho.
A próxima será a sua vez ! Espero !!!
Uma feliz semana a todos !!!

Você acredita em amor à distância ?

Uma perguntinha intrigante para começar a semana...rsrsrsrs
Com certeza, alguns vão dizer que sim... que o amor pode tudo !
Outros, vão achar um absurdo, algo impensável...

Antes de conhecer o homem que viria a ser meu marido, eu jamais tinha pensado sobre o assunto.
Há cinco anos atrás, eu era uma pessoa bem mais impaciente e imediatista do que hoje.
Por isso, se alguém me fizesse aquela pergunta acima, não saberia o que responder...

Conheci o papá do Diego num daqueles dias impensáveis...
Numa saída desprentenciosa quando fui praticamente arrancada de casa por uma amiga.
Ele estava na minha cidade passando férias com uns amigos.
Eu estava num dia de cão, só desejava sumir do mapa.
Mas o destino, ou seja lá o que for, tinha seus planos traçados...
E depois daquele 20 de fevereiro de 2006, nossas vidas nunca mais seriam as mesmas.


Até tomarmos a grande decisão de morarmos juntos, passamos um ano na ponte aérea Brasil-Portugal.
Sem contar, as infinitas horas em frente ao computador ou ao telefone...
Meu Deus, quando lembro das minhas contas de celular,  ui !
Namorar à distància requer muito amor, empenho, dedicação de ambas as partes.
Se não for assim, difícil dar certo.
Não estar perto, não ter contato diário, pensar no que o outro anda fazendo... são coisas cruéis, maltratam...
Realmente é preciso ser forte, ter certeza do que se quer e do que o outro quer.
Mas apesar de todas as dificuldades e barreiras, é possível, sim !


Ontem, fez cinco anos que nossos olhos se virão pela primeira vez...
Já estamos casados há 3 anos e temos um filho com quase 2.
Essa é a minha melhor resposta para a pegunta-título desse post.
Por experiência própria, eu acredito, sim, em amor à distância.
Se deu certo comigo, pode acontecer com qualquer um.
Quantas histórias de amor já ultrapassaram oceanos, encurtaram quilômetros, enfim, venceram distâncias ?

Acho que a gente precisa ter fé para tudo nessa vida.
Precisa acreditar que é possível e fazer por onde a "tal coisa" acontecer.
E tudo o que é feito com amor, traz bons resultados.
Já dizia o velho ditado: a fé move montanhas...
No nosso caso, uniu o que um oceano inteiro insistia em separar...
Uma ótima semana pra nós: cheia de fé, esperança e muito amor !

sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011

Primeiro passeio ao zoo e selinho !

Mais um fim de semana batendo à porta e espero que o sol resolva aparecer depois de uma semana chuvosa.
Tomara que seja como no último sábado: dia bonito e não tão frio para o inverno.
Ficamos tão empolgados com o tempo que resolvemos dar um presente ao nosso filhote:
um passeio ao zoológico.
Como já falei nesse post, o Dieguinho adora animais e achamos que ele ia delirar num local onde tivesse montes deles.
Não foi diferente !
Ele ficou encantado.
Amou as aves, admirou-se com os macacos e ficou paralisado durante o show da foquinha Nico.
 Até ganhou beijinho e tudo do bicho.
Eu também parecia criança.
Já nem lembrava a última vez que tinha ido a um zoológico.
E lá no do Porto, que fica na Maia, vi bichos que só conhecia por fotos ou pela TV.
Os que mais me encantaram foram os ursos, os cangurus e a foquinha.
Aqui ficam alguns registros da nossa visita inesquecível... 













E já estamos programando novos passeios do gênero.
Quando o tempo ficar mais quentinho, queremos ir ao Sealife, no Porto e também ao zoo e ao Oceanário de Lisboa.

Aproveito esse post também para repassar o lindo selinho que ganhei da minha amiga Cida.


As regras são:
1. Indicar quem te deu
2. Repassar para 5 a 10 blogs
3. Avisar a quem for receber

Vou presentear as seguintes amigas...


Um final de semana maravilhoso pra nós, de preferência bem quentinho: com muito sol e sem chuva !!! 

quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2011

19 meses (atualizado !)

Meu lindo menino, completas hoje 1 ano e 7 meses !
Olhando para ti, dormindo aqui do meu lado, percebo o quanto crescestes nos últimos 30 dias.
Às vezes, a sensação que tenho é que a cada manhã acordas maior... rsrsrsrsr !
A verdade é que tu estás cada dia mais lindo e sapeca, surpreendendo-me com novas conquistas e habilidades.
Tem momentos que eu sinto que estou perdendo meu bebezinho.
Já não precisas mais de mim para beber água, tirar o casaco, para andar, nem para ir buscar o que quer.
Mas não posso te impedir de crescer.
Pelo contrário, sou eu quem mais tem que ajudar no teu desenvolvimento.

Nem sei como é possível, mas cada dia te amo mais !
Um amor total, de entrega, que me faz viver quase exclusivamente para ti.
Espero não apagar nunca da memória nós os dois correndo pela casa, brincando de esconde-esconde, de chutar bola, de jogar com o balão e do meu orgulho e alegria ao ver-te ultrapassar todos os obstáculos do parquinho.



Sei e sinto o quanto meu amor é correspondido a altura.
Seu sorriso e suas demonstrações de carinho são meus melhores presentes !
Adoro quando corres e te agarras às minhas pernas, quando me abraças, quando me puxas pela mão para levar-me aonde queres ir, quando vens me chamar para te ver brincar com o papá.
És um menino muito querido, meu amor ! 
Não vejo a hora de começares a falar, para expressarmos em palavras tudo isso que vivemos e sentimos a cada dia.
Mas aprendi a ter paciência e fostes tu quem me ensinastes isso !
Por enquanto, vou me encantando com todo o resto que tu me proporcionas.
Cresce, filho ! Cresce !
Mas nunca percas esse sorriso fácil, esse olhar sapeca, essa alegria de criança !

P.S: E para comemorar esse dia, mamãe fez sua estréia nos cupcakes.
Ela sempre tinha vontade de fazer esses bolinhos e hoje encontrou uma boa oportunidade para se aventurar...


Para a primeira vez, até que não saíram muito mal.
Mamãe improvisou com o que tinha em casa mesmo...
Fez bolinhos de cenoura com cobertura de chocolate.
Você até ajudou a colocar os granulados, meu amor !
Tudo para te dar o prazer de apagar as velinhas...


Feliz 19 meses, meu lindo menino !

quarta-feira, 16 de Fevereiro de 2011

Noite de Romantismo a 3 e na cama a 4...

Depois do último post, acho que muita gente ficou curiosa para saber como foi a nossa noite do dia dos namorados...
Fomos jantar num hotel que fica numa cidadezinha vizinha a nossa, chamada Régua.
O local já vínhamos namorando há tempos e tínhamos muita vontade de conhecer.
É um hotel spa novo, moderno, bonito e muito acolhedor, às margens do Rio Douro, com vistas espetaculares e elevador panorâmico.
Tudo de muito bom gosto !
Não estou ganhando nada com a publicidade, mas acho que vale deixar a dica.

Éramos o único casal com filhos ali naquela noite... rsrsrsrs  !
Ficamos numa mesa à janela com uma paisagem incrível.


Exatamente assim, ou quase !
À noite, as vistas também são encantadoras.
E o cardápio era do jantar...rsrsrsrsrs...
Ia até tirar umas fotos das comidinhas, mas achei melhor, não !
Acabei por encontrar o menu na net e... voilá...


Fomos recebidos com um ótimo drink de boas vindas.
A comida também estava saborosa, mas ficou um pouco aquém das minhas expectativas.
Esperava algo mais diferenciado, porém não posso dizer que não gostei.
O Dieguinho portou-se muito bem.
Ficou na cadeirinha durante quase uma hora e meia, sem reclamar !
Dançava ao som das músicas que eram tocadas pelo pianista; uma graça !
Deixou-nos comer sossegados até o prato principal.
Depois tivemos que apressar a sobremesa e o cafezinho pois ele já estava fartinho de estar ali sentado.
Foi uma noite agradável e feliz a três !

E agora preciso dividir com vocês a mais nova do meu filhote...
Para adormercer, ainda o deito na cama conosco... só depois é que o coloco no berço.
Pois bem... de uns dias pra cá, depois que fazemos o "boa noite" (vamos os dois apagar a luz principal do quarto), ele aponta para pegar um de seus bichinhos de pelúcia.


Essa foto é antiga. Foi tirada logo que arrumei o quarto, antes dele nascer.
É óbvio que agora tem bem mais bonecos ali.
Toda noite, trazemos um diferente para dormir conosco.
Ele chega a cama, mostra o bichinho ao pai; em seguida, aninha-se para mamar.
Agarra-se a mim e ao boneco e depois de algumas idas e vindas, adormece.
Achei muito engraçada essa novidade...
Pois é meu povo... agora já não somos mais 3 e sim 4 na cama !
Pode ? rsrsrsrsrs...
Um ótimo dia pra nós: a 2, a 3, a 4, a 5... rsrsrsrsrs

segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2011

O amor está no ar !

Amo-te muito !!!
Foi essa declaração de amor que surpreendeu a mim e aos moradores do meu prédio logo de manhã.
A frase escrita assim, em letras grandes e com batom vermelho, estava no espelho do elevador.
Não se sabe quem escreveu, nem para quem estava destinada.
Apesar do "semi-vandalismo", já que ali é um espaço público, achei bem legal a iniciativa.
E não podia ser num dia diferente: hoje é o Valentine´s Day !
Simplesmente Dia de São Valentim ou o dia dos namorados nos EUA e boa parte da Europa.
Aqui em Portugal, acho as comemorações bem tímidas, mas numa coisa parecem bem com o Brasil: os restaurantes, em geral, ficam lotados !
Muitos hotéis também aproveitam a data e fazem pacotes românticos... tudo para celebrar o amor !
Pode parecer uma coisa muito comercial, mas adoro comemorar datas !
Aqui em casa, já tivemos um almocinho simples, mas especial...
Improvisei um centro de mesa colorido para alegrar o dia...


Maridão, que já tinha ganhado presente antecipado, teve direito a outra surpresinha...

(mais um carrinho para a coleção...)

Agora vamos ver o que a noite nos reserva...
Acho que até temos reserva feita em algum lugar, mas papá está querendo fazer suspense...
Jantar romântico ?? Talvez ! Mas a três, pois o Dieguinho vai junto !
 Para quem quer conhecer um pouco mais desta data, deixo as sugestões:


E como hoje não é uma celebração restrita aos namorados, mas uma data para celebrar o amor e amizade, em geral, desejo um feliz dia de São Valentim a todos !
Happy Valentine´s Day !


sexta-feira, 11 de Fevereiro de 2011

O primeiro castigo

"Criança muito calada está fazendo asneira !"
Frase sábia, essa ! rsrsrsrsrs...
E em 99% dos casos, é certeira.
Bem, falo pelo meu filhote !
Quando o noto muito caladinho ou chamo e ele não responde, vou logo atrás dele porque boa coisa não deve estar fazendo.
É raro quando o encontro apenas olhando um livro ou resvista.
Em geral, está em cima de algum móvel ou tentando fazer alguma traquinice. 


Ontem, não foi diferente !
Enquanto limpava o quarto, estranhei a ausência do Dieguinho.
Ele gosta sempre de estar por perto, vendo o que estou fazendo e ajudando.
Chamei-o uma, duas, três vezes e nada !
Foi aí que pensei: aí tem coisa !
E tinha mesmo !
Quando cheguei na cozinha, ele tinha tirado boa parte da areia do vaso da planta e colocado em cima do tapete de atividades dele.
Ai que raiva !!!
Primeiro por estar brincando com terra !
Depois por ter sujado o chão que eu tinha acabado de limpar ! 
As lágrimas escorriam-lhe pelo rosto enquanto eu brigava com ele (tadinho !)
Pela enésima vez, mostrei que aquilo não se fazia...e disse: "onde é que o menino leva tau-tau ?"
Para quem não conhece essa expressão, basta ver esse post.
Dei-lhe duas palmadas; uma em cada mão (nessa hora, ele nem chorou !)
Depois disse: "o menino agora está de castigo !"


Coloquei-o encostado à parede e disse para não sair dali.
A qualquer passinho que ele dava, dizia para ele voltar e obedecia !
Foi assim durante os 2 ou 3 minutos enquanto arrumei aquela bagunça toda !
Por dentro, estava morrendo de pena do meu pequeno e ao mesmo tempo tinha vontade de rir daquela situação: ele ali paradinho de castigo.
Depois que foi autorizado a sair, ainda estava sentido comigo.
Olhava para mim com aquela carinha triste, mas passou-lhe logo.
Nem eu consegui fingir por muito tempo que estava chateada com ele.
Dei-lhe logo um abraço e fizemos as pazes.
Não sei se o que fiz foi o correto (preciso ler urgentemente sobre o assunto !)
  Mas, na hora, foi o que me ocorreu.
Acredito que o melhor caminho para tudo na vida é o bom e velho diálogo.
Porém, nem sempre é o suficiente.
Pode parecer contraditório, pois não sou a favor de quem bate em crianças... contudo uma palmadinha ou um leve castigo acho que fazem efeito.
Se eu estiver errada, me corrijam, por favor.
(Sou mãe de primeira viagem e entrando na fase de educar o pequeno.)
Vocês, como é que fazem ?
O que resulta mais com os vossos filhos ??
Está aberto o debate !
Um ótimo fim semana pra nós, de preferência, sem castigo ! rsrsrsrsrs

quarta-feira, 9 de Fevereiro de 2011

A primeira vez a gente nunca esquece...

Estou me disciplinando para levar o Dieguinho ao parquinho do shopping, pelo menos, duas vezes por semana.
Minha "obrigação" que mais me dá prazer.
Adoro tirar meu filhote desses 90 metros quadrados e vê-lo aos pulos com outras crianças.
Às vezes, tenho pena dele aqui correndo num ambiente tão reduzido, procurando algo para se entreter.
Lá, uno o agradável ao útil: espaço de sobra e ele tem a oportunidade de estar com outros pequenos.
Graças a Deus, o Di é uma criança super sociável e destemida.
Mete-se com toda a gente... se quer algo, pede... enfim, é literalmente um "sem-vergonha"! rsrsrsrsr


Ontem, presenciei uma cena que me deixou emocionada...
Com um ano e meio, meu filhote participou da sua primeira partida de futebol.
Maluco por bolas, o Dieguinho está sempre "convocando" alguém para dar uns chutes com ele:  eu, o papá, um dos tios ou um coleguinha que apareça na hora.
Mas jogar assim com vários meninos, ao mesmo tempo, foi a primeira vez !
Lá no parquinho, eram 4 atrás da bola.
O Dieguinho era o menorzinho, mas não se intimidava !
Corria com os outros, chutava... não cabia em si de tanta felicidade !
A mãezona, do outro lado do cercadinho, toda orgulhosa e devia ter um sorriso de orelha a orelha.
Se o papá estivesse ali, também ia estar numa alegria só !
Logo ele que quer que o menino seja jogador de futebol... rsrsrsrs
Só não me perdoo por não ter a minha câmera para registrar aquele momento.
O mais provável, é que ele nunca se lembre desse dia...
Mas essa primeira vez dele, com certeza, eu nunca vou esquecer.
E que o dia de hoje também seja maravilhosamente inesquecível para todos nós ! 

segunda-feira, 7 de Fevereiro de 2011

Quase grávida !

Bem, a gente sabe que isso é impossível, né ?
Uma mulher está ou não está grávida !
O "quase" não cabe nessa situação.
Mas quando digo que me sinto "quase grávida" é pela emoção de ser tia pela primeira vez !
E é uma primeira vez muito especial: pois meu irmão vai ser pai !
Às vezes quase nem acredito nisso !
Quando penso nele, me vem sempre a cabeça a imagem de quando éramos crianças... difícil imaginar que ele cresceu, casou e agora vai me dar uma sobrinha...


Acho que isso é "Síndrome de irmã mais velha".
A gente acha que nossos irmãos ainda não cresceram como nós...rsrsrsrs !
Mas a verdade, gente, é que meu irmão vai ser pai daqui há uns 4 meses !!!
E eu estou imensamente feliz e emocionada por isso !
Não posso entrar numa loja de criança que corro logo para ver as coisinhas de recém-nascido.
Fico maluca querendo comprar tudo.
Minha cunhada já brincou comigo e disse que isso é um desejo inconsciente de quem quer ser mãe de novo... Será ? rsrsrsrsrs...
Sei não, mas a verdade é que estou curtindo tanto essa gravidez, quase como se fosse minha.
Só sinto não poder estar junto deles e acompanhar tudo de pertinho...
Mas fico aqui só "babando" de longe....rsrsrsrs
E por falar em "babar", olhem só os miminhos que comprei para a Gabi...

Trocador de fraldas (igual ao do Di)
 Móbile para o berço


Enfeite de parede
(que também serve para guardar coisinhas)


 Já foi tudo pelo correio e espero que os papás gostem !
Queria mandar muito mais, mas vou controlar os impulsos e esperar para quando for visitá-los.
Aí também vou ter a oportunidade de cheirar muito a minha primeira sobrinha !
Que Deus continue te abençoando, Gabi !
Que sua mamã continua bem, com saúde !
Que o seu papá continue firme e forte dando todo o suporte que for preciso !
E que você siga se desenvolvendo bem e venha na horinha certa para nos dar muitas alegrias !
Uma feliz semana a todos !

sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2011

Coisas de Di...

Meu filhote tem apenas um ano e seis meses, mas tem cada uma...
às vezes, parece gente grande !
Dou tanta risada... rsrsrsrs !

Mania de limpeza

Querem ver o Dieguinho atrapalhado: basta ver algo sujo.
Fico impressionada com o jeitinho dele.
Se vê algum papel no chão, ou algo derramado, enfim...
tudo que não esteja limpo, lá está ele a apontar, a mostrar.
E vem logo me dar ou vai ele mesmo por no lixo !
Também não gosta de ter as mãos sujas.
Mostra logo para que eu as limpe.
Chega ao cúmulo de não querer entrar no elevador, se algum mal-educado deixou ali algum papel ou sujeira.
Dá pra acreditar que alguém tão pequenino seja assim ??


Louco por sapatos


O Di também adora sapatos.
Ganhar um par novo é motivo de grande felicidade para ele.
Não pode ninguém chegar perto que ele está logo a apontar para os pés.
Dia desses, encontramos uma pessoa amiga, e ela disse: "como estás lindo !!"
Ele foi logo mostrar os sapatos.. rsrsrsrsrs !
E como se não bastasse, está sempre a admirar o que eu ou o pai trazemos calçados.
Nisso, sei bem a quem sai... ao papá !!! rsrsrsrs !


Vaidoso que só ele


Quer vê-lo todo contente ?
Quando o arrumamos e o penteamos para sair.
Vai se olhar no espelho e tudo.
Pode ?
Se veste roupa nova, então, ...rsrsrsrs !
Está sempre passando a mão nas calças ou camisa... todo orgulhoso !
Tirar fotos também é com ele mesmo !
E depois do "click" quer ir lá ver como ficou.
Eu aguento ?!?!


"Garoto esperto"


Meu filhote entende TUDO o que a gente diz.
Mas tem horas que se faz de desentendido.
Isso mesmo !
Ele sabe bem ir colocar a fraldinha no lixo ou guardar algum brinquedo.
Mas quando não lhe apetece, simplesmente finge não escutar ou não entender o que digo.
Porém, quando é algo que lhe agrada,  tipo: vai procurar o casaquinho para irmos a rua...
A ver se não atende rapidinho ! rsrsrsrs...


Bom ator


Vocês acreditam que meu filhote sabe fingir que chora ?
No começo, nem acreditei no que via...
Quando é impedido de fazer algo ou escuta um "não", bota os bracinhos na frente do rosto e chora de mentirinha.
Ninguém se aguenta e cai logo na gargalhada.
Ele, em seguida, também desanda a rir...
Eu posso com essa ??? rsrsrsrsr
E os vossos pequenos ?
Que gracinhas andam aprontando ou já aprontaram ?
Um ótimo fim de semana a todos !

quarta-feira, 2 de Fevereiro de 2011

Por que os homens não têm paciência ?

Se há uma coisa que adoro é ver meu filho brincando e se divertindo.
Como toda criança da idade dele, o Dieguinho tem muita energia.
Trancá-lo em 90 metros quadrados o dia inteiro e impedir que ele suba nos móveis, no sofá e na cama ou deixe tudo fora do lugar é praticamente impossível.
Por isso, estou sempre procurando um tempinho para levá-lo a locais onde ele possa se esbaldar.
Na primavera ou verão, vamos aos parquinhos ao ar livre.
Agora que estamos num frio de rachar, fazemos visitas constantes às zonas de lazer dos shoppings.
Ele adora ! 
Mas afinal, qual criança não gosta, né ?
E eu sou capaz de estar horas ali vendo o meu pequeno ser feliz...

 
Mas por que será que o papá não é assim ???
No último sábado, fomos ao shopping comprar umas coisinhas para minha sobrinha que vai nascer. (assunto de um próximo post..)
Estávamos com pressa, então, entrei na loja, peguei rápido o que queria para irmos embora.
Mas assim que viu o parquinho, o Di foi logo esticando-se todo em direção a ele.
Claro que não resisti ao ver os olhos e bracinhos pidões do meu filho.
Mesmo sob protestos do papá de que íamos nos atrasar para um jantar combinado, convenci-o de que não iria acontecer se perdéssemos 5 minutinhos ali.
É claro que 5 minutos para uma criança num parquinho parecem 5 segundos...
Mas tudo bem, né?
Fomos lá, ele ajudou o Di a ir no escorrega uma vez, foi a um e outro lado e ouço um "vamos embora".
Óbvio que o menino abriu o berreiro !
Argumentei que não podia ser daquela maneira e fui eu mesma brincar com o menino.
No final, o papá acabou por reconhecer que não tinha paciência para essas coisas...


Não estou reclamando do meu marido.
Depois de três anos de casada, aprendi a admirar ainda mais suas qualidades e respeitar suas limitações.
Ele é um ótimo pai: super presente, atencioso, faz questão de dar o melhor ao nosso filho e brinca muito com ele quando chega do trabalho.
Mas como ninguém é perfeito, falta-lhe paciência para estar num parquinho ou para outras atividades do dia-a-dia, como dar a comida ao Dieguinho.
Sei que ele se preocupa e se concentra muito no trabalho, por isso, na maioria das vezes, relevo essas situações.
Aliás, quando o assunto é paciência, ele já melhorou muito.
Mas puxo-lhe um bocado a orelha quando acho que devo.
Também sei que toda regra tem exceção:
 Há homens e maridos bem tranquilinhos, que têm muita calma, que sabem esperar, mas em geral, meu povo, acho que paciência não é lá muito coisa de homem...rsrsrsrs !
O que vocês acham ?
Sendo assim, aproveitemos, então, todo o resto que eles têm de melhor ! rsrsrsrsrs
Bom dia !
(ahhh, não chegamos atrasados ao jantar !)